AGRONEGÓCIOS

EMATER promove curso de produção orgânica de LEITE em PRATÁPOLIS

Por: Redação | Categoria: Agricultura | 17-08-2019 22:33 | 330
Foto de Reprodução

Curso de produção orgânica de lei foi realizado pela EMATER nos dias 13 e 14 deste mês, voltado para extensionistas e produtores e produtoras rurais. A demanda por produtos orgânicos tem crescido bastante na região do Sudoeste de Minas. O curso aconteceu na Comunidade de Pontal, e teve a participação de 48 agricultores e agricultoras dos municípios de Pratápolis, Passos, Cássia, Capetinga e Claraval.

Consumidores estão à procura de alimentos que promovam melhoria da saúde e da qualidade de vida. No setor de produtos lácteos não é diferente e produtores de leite demonstraram interesse em entrar para esse nicho de mercado, tanto para oferecer produtos saudáveis como para agregar valor à matéria prima. Esse interesse motivou a EMATER promover a realização do curso de produção de leite orgânico.

O coordenador técnico estadual da EMATER, Fernando Tinoco, abordou assuntos relacionados ao manejo de solo, pastejo rotacionado, com ênfase no “Sistema Voisin” e controle de ecto e endoparasitas. Produtores de leite orgânico participaram socializando com os participantes suas experiências de produção e sobre o mercado. Outro tema abordado foi o uso da homeopatia animal. Como há interesse em certificação, a Emater discorreu sobre a legislação de produção orgânica e processos de certificação.

Todo esse movimento iniciou-se com a criação do SPG Cooperval, Sistema Participativo da Garantia da Qualidade Orgânica, ligado a Cooperativa de Agricultoras e Agricultores Familiares de Claraval e Região. Esse modelo de certificação está previsto na Lei 10.831/2003, que regulamenta a produção orgânica no País. A realização de reuniões para a consolidação do SPG chamou a atenção de produtores de leite da região.

 A criação do SPG foi motivada pelo envolvimento de agricultores, que perceberam ser esta uma forma de ofertar produtos de qualidade e trocar experiências e conhecimentos.

O SPG Cooperval até o momento abrange os municípios de Delfinópolis, Capetinga, Cássia, Pratápolis, Passos, Capitólio, São João Batista do Glória e Claraval e ainda outros municípios na divisa do Estado de Minas com São Paulo e encontra-se em processo de regularização junto ao Ministério da Agricultura.

Segundo Leonardo Bícego, ex-tensionista da EMATER em Pratápolis,  o curso de produção orgânica de leite foi o primeiro passo para a adesão de produtores no processo de conversão da produção convencional para a orgânica. Segundo ele, o mercado de leite orgânico está aberto e é uma oportunidade para os produtores ofertarem produtos de qualidade com valor agregado.

Fábio Firmo, gerente Regional da EMATER em Passos disse ainda que a extensão rural estará sempre presente para atender a demanda dos agricultores no sentido de melhorar a qualidade de vida das famílias rurais.
(por Alice Soares, Coordenadora Técnica Regional  UREGI Passos)