PROJETO

Ibrantina e Termópolis fecham ciclo do projeto “Constituição em Miúdos”

Por: Roberto Nogueira | Categoria: Educação | 28-08-2019 10:30 | 1245
Projeto
Projeto "Constituição em miúdos" envolve diferentes integrantes da comunidade paraisense em programa de formação cidadã Foto de Divulgação

A Escola do Legislativo realizou o encerramento das aulas inaugurais do projeto Constituição em Miúdos nas escolas da Rede Municipal de Ensino, em São Sebastião do Paraíso.  Na quarta, 21,  e também na quinta-feira, 22, ocorreram visitas nas  últimas instituições, sendo a Escola Municipal Ibrantina Amaral e na Escola Municipal de Termópolis. Foram apresentados aos alunos do Ensino Fundamental II os projetos de estudo da Constituição em Miúdos e da Gincana do Saber Mirim. Ao todo, somando as cinco instituições de ensino atendidas somaram cerca de 400 jovens estudantes que conheceram as iniciativas.

O projeto visa possibilitar aos alunos conhecerem direitos e deveres com o intuito de se tornarem melhores cidadãos e eleitores mais conscientes. Desde o início deste semestre este passou a ser assunto de uma das aulas para os alunos da Rede Municipal de Ensino. A disciplina do projeto Constituição em Miúdos é ministrada aos estudantes do 8º ano do Ensino Fundamental.

Os alunos estão estudando o material que visa traduzir para uma linguagem mais acessível o que dita a Constituição Federal.

A obra está sendo disponibilizada para instituições de ensino pela Escola do Legislativo Prefeito Alípio Mumic.

Os alunos das duas escolas foram apresentados ao livro  e também puderam participar da Gincana do Saber Mirim, competição regional que utiliza o conteúdo estudado para testar e fixar o aprendizado de forma lúdica e divertida.

A professora de história, Laura Paschoini, é a responsável por orientar os alunos Ana Alice Martins e Leandro Henrique Prado Cintra no estudo da obra. A dupla representará a Escola de Termópolis na Gincana do Saber Mirim, “Estou gostando muito de trabalhar com o projeto, ele é fundamental para os nossos alunos porque traz o conteúdo da Constituição Federal de uma forma bem leve, de fácil entendimento para a idade”, opina. Ela acredita que conseguirá obter bons resultados. “Vamos colher bons frutos, os alunos poderão exercer a cidadania de uma forma mais correta, sabendo o que podem e o que devem fazer, e terão um senso crítico mais aguçado”, acrescenta.

Para a secretária municipal de Educação, Maria Ermínia Preto de Oliveira Campos que acompanhou o lançamento do projeto nestas escolas, “o projeto ‘Constituição em Miúdos’ veio para nossa rede de ensino para somar. Os alunos que estão participando estão tendo a oportunidade de conhecer um pouquinho das leis, dos seus direitos, seus deveres”, avalia. Ela ressalta que os estudantes serão agentes multiplicadores do conteúdo. “Eles levarão o conhecimento em casa, para os seus colegas e aprendem de uma forma bem lúdica, porque o livro ensina através de histórias, de casos, e isso vai fazer com que esses alunos se tornem um cidadão melhor”, disse.

         De acordo com o vereador Vinícius Scarano Pedroso, idealizador do projeto “esta é a primeira vez que o município terá representantes no evento, que visa a trabalhar a formação político cidadã dos estudantes por meio de uma dinâmica de perguntas e respostas”, anuncia.

“Teremos uma dupla de alunos de cada escola que estudará o material fornecido e participará de uma seleção municipal. A instituição de ensino com a melhor pontuação será a escolhida para a etapa regional” o vereador. Ele ressalta que a disputa é apenas um estímulo a mais para alcançar o objetivo maior, “a ideia e o propósito principal, é que no final todos saiam ganhando mais conhecimento em cidadania”, conclui.