VACINAÇÃO CONTRA RAIVA

Controle de zoonoses se prepara para campanha de vacinação contra raiva

Por: João Oliveira | Categoria: Saúde | 01-09-2019 11:28 | 859
Foto de Reprodução

O controle de zoonoses da Vigilância em Saúde em São Sebastião do Paraíso se prepara para a Campanha de Vacinação Antirrábica que acontece na zona urbana entre os dias 7 e 28 de setembro, e 2 de setembro a 7 de outubro na zona rural. A vacina é importante para conter o vírus que provoca a raiva em animais e não tem cura. Já houve casos confirmados na região, e é de estrema importante que os donos de cães e gatos fiquem atentos à campanha.

Conforme o médico veterinário da Zoonoses, Geraldo Torrano Freitas de Campos, a campanha começa mais cedo na zona rural porque as equipes visitam cada propriedade para realizar a vacinação dos cães e gatos, ao passo que na cidade a vacinação acontece em pontos fixos.

A expectativa é que estava campanha supera os números do ano anterior. Em 2018 foram 10.173 cães e 1.284 gatos. “Queremos vacinar esse número, mais um. Sabemos que nem todos os tutores de animais levam esses cães para vacinação”, destaca. De acordo com o veterinário, foram registrados casos de raiva na região em felinos, inclusive com caso confirmado em Itaú de Minas. “É por isso que nossa região foi contemplada com a Campanha. Em várias regiões do país não haverá a campanha antirrábica de cães e gatos”, alerta.

Geraldo explica que a campanha é um programa do Ministério da Agricultura, já que se trata de uma zoonose e com risco de contaminação a seres humanos. “É um vírus que pode contaminar qualquer mamífero, mas os principais ‘reservatórios’ são cães e gatos. Na zona rural, o principal transmissor é o morcego”.

“A vacinação é muito importante para os animais, pois se trata de uma doença incurável e contagiosa. A principal forma de transmissão para os seres humanos é por meio da mordida e da saliva do animal contaminado. Um pouco antes de manifestar os sintomas, o animal já consegue transmitir a doença pela saliva”, ressalta.

Ainda, de acordo com o veterinário, é importantíssimo a vacina, principalmente com o desabastecimento do soro antirrábico em toda a região. “É importante estarmos vacinando para conter esse vírus. Como eu disse, tivemos caso confirmado na região, em que o animal não era vacinado, teve contato com outros animais e transmitiu para uma pessoa que precisou tomar soro, vacinas e todo o tratamento já conhecido. É importante que imunizemos nossos animais”, destaca.

POSTO DE VACINAÇÃO

De acordo com o cronograma, os postos de vacinação nos dia 7 de setembro, que irão atender das 8h às 17h serão:

- Posto de Puericultura;
- Tiro de Guerra;
- Corpo de Bombeiros;
- CMEI Emiliana F. de Souza (Creche do Rosentina);
- Porta do CAIC;
- USF do São Judas, São Sebastião, Verona e Veneza.