BOM PERCURSO

Tribunal de Contas destaca Paraíso como "Educação de Bom Percurso"

Por: Roberto Nogueira | Categoria: Educação | 09-09-2019 10:36 | 365
Durante trabalho de campo duas escolas do Município foram visitadas para coleta de dados
Durante trabalho de campo duas escolas do Município foram visitadas para coleta de dados Foto de Reprodução

O Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais (TCEMG) aderiu ao projeto nacional "Educação que faz a diferença". O projeto é fruto de uma parceria entre o Instituto Rui Barbosa (IRB), por meio do Comitê Técnico da Educação (CTE-IRB), e o instituto Interdisciplinaridade e Evidências no Debate Educacional (IEDE), visando mapear as redes de ensino municipais do país com bons resultados no ensino fundamental. A Rede Municipal de Ensino de São Sebastião do Paraíso recebeu no final de agosto a visita de analistas do Tribunal que fizeram a coleta de informações no município e  obteve destaque como "Educação de Bom Percurso".

Segundo o Comitê do IRB, todos os 28 tribunais de contas com jurisdição na esfera municipal aderiram ao projeto, o que permitirá ao levantamento ter resultados de âmbito nacional. Cada Tribunal indicou dois técnicos para atuarem na pesquisa de campo do projeto. Em Minas, os servidores indicados foram Stélcio Messias Leandro Madeira e Jefferson Mendes Ramos lotados na 4ª Coordenadoria de Fiscalização dos Municípios (CFM).

Conforme o servidor Stélcio Messias Stélcio o projeto "Educação que faz a diferença" é um estudo que visa apurar informações sobre as redes de ensino no Brasil inteiro e que possam servir de exemplo para as demais. O levantamento se divide em duas etapas sendo que a primeira possui aspecto quantitativo, com base na qual foram identificadas as redes de ensino locais com bom desempenho no ensino fundamental. A outra refere-se a questões qualitativas, em que serão visitadas redes municipais com o objetivo de identificar as estratégias comuns, por meio de entrevistas e observação de salas de aula e do ambiente escolar.

Os técnicos do TCE visitaram os municípios de Machado nos dias 16 a 16 de agosto, depois estiveram em Machado no período de 19 a 23 . Por último, na semana passada estiveram em Paraíso nos dias 26 a 29 de agosto. Estes municípios foram selecionados pelo IEDE com base em pesquisa e critérios pré-estabelecidos em dados fornecidos pelo Prova Brasil, Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), "dentre outros".

De acordo com Stélcio, os municípios de Machado e São Sebastião do Paraíso apresentaram "boa evolução nos últimos anos, mas ainda não atingiram indicadores positivos expressivos" e por isso são chamados têm um reconhecimento de "bom percurso" no projeto. Já o município de Prata, está enquadrado na situação de "controle", que receberá a visita do TCE para saber como é o dia-a-dia deles e receber orientações de boas práticas. A intenção é que as redes sejam reconhecidas com selos ou prêmios pelo projeto.

Bom Percurso
Em Paraíso a Rede Municipal de Ensino obteve destaque como "Educação de Bom Percurso", devido aos resultados obtidos como, por exemplo, no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb). Os analistas técnicos de controle externo do Tribunal de Contas de Minas Gerais (TC MG), Stelcio Messias Leandro Madeira e Jeferson M. Ramos estiveram na cidade nos dias 27, 28 e 29 de agosto para coleta de dados e entrevistas.

A secretária de Educação, Maria Ermínia Preto de Oliveira Campos e integrantes da equipe pedagógica da Secretaria Municipal de Educação participaram das entrevistas para a coleta de dados. "É um fruto que estamos colhendo e ficamos muito felizes por este reconhecimento que nos faz sentir privilegiadas, pois fazemos parte de uma educação de qualidade que trabalha para avançar na melhoria do aluno", ressaltou a secretária. Os analistas também visitaram as escolas municipais Ibrantina Amaral (bairro Verona) e Francisco Daniel (distrito de Guardinha), onde entrevistaram a direção, a coordenação pedagógica, professores e alunos.

Metodologia
O Instituto Rui Barbosa (IRB), associação civil de estudo e pesquisa dos Tribunais de Contas do Brasil, em acordo de cooperação técnica com o Interdisciplinaridade e Evidências no Debate Educacional (Iede), instituição que produz pesquisas aplicadas na área de educação, estão realizando em conjunto o estudo intitulado "Educação que faz a diferença".

O trabalho consiste em mapear as redes de ensino municipais que já alcançam bons resultados educacionais na fase fundamental ou que venham apresentando importante evolução nessa etapa, dando reconhecimento àquelas com desempenho destacado. Recentemente, a educação municipal foi contemplada com um selo de qualidade pelo Iede e as boas práticas assim identificadas constarão de um relatório final do estudo, com ampla divulgação.

Analistas técnicos do Tribunal de Contas foram recebidos na Secretaria Municipal de Educação