SANTA CASA

Diretoria da Santa Casa reúne-se com ministro da Saúde em Brasília

Por: Roberto Nogueira | Categoria: Saúde | 14-09-2019 14:07 | 698
No Ministério da Saúde dirigentes da Santa Casa apresentaram  reivindicações de melhorias na prestação de serviços
No Ministério da Saúde dirigentes da Santa Casa apresentaram reivindicações de melhorias na prestação de serviços Foto de Divulgação

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, recebeu em audiência na tarde de quinta-feira (12/9), dirigentes da Santa Casa de Misericórdia de São Sebastião do Paraíso. A instituição, que está prestes a completar 102 anos de existência, busca o apoio das mais diversas forças públicas e privadas, em um processo de reestruturação e de modernização de sua gestão. O presidente da comissão de intervenção do hospital, o empresário Fernando Montans Alvarenga apresentou uma pauta de reivindicação ao ministro.

A audiência, em Brasília, foi agendada pelo presidente do Sebrae Nacional, Carlos Melles. Participaram do encontro o interventor do hospital, Fernando Montans Alvarenga; o diretor técnico da Santa Casa, médico Luciano Constantini; o chefe da equipe de cirurgia do Hospital Regional do Coração da Santa Casa, cirurgião Frederico Nunes, e o coordenador comercial, Guilherme Machado.

Foram solicitados fortalecimento e ampliação da estrutura e dos serviços da Santa Casa e do Hospital do Coração. Entre as reivindicações consta a um pedido para a abertura do sistema para a ampliação de 50 novos leitos hospitalares. A medida significa um aumento considerável da capacidade de atendimento pelo sistema público de saúde.

Também foram solicitados recursos para o reequipamento de setores de UTI adulto e cardiológica. A medida abrange ainda as enfermarias, além de habilitação de novos serviços de cardiologia, que estão tramitando para aprovação em instâncias regionais de pactuação do Sistema Único de Saúde (SUS).

Foram relatados ao ministro, os trabalhos de atendimento que são feitos abrangentes a microrregião de São Sebastião do Paraíso, além dos casos de pacientes que são trazidos de lugares distantes para tratamento no hospital.

Foi ressaltada a importância do trabalho que é feito pela instituição centenária, atualmente referência hospitalar para uma ampla região com abrangência superior a 100 cidades, em encontro com o chefe de gabinete do ministro, Alex Machado Campos, e na sequência foram atendidos pelo ministro Mandetta.

As demandas apresentadas foram acolhidas e encaminhadas para análise técnica pelo Ministério da Saúde, com o objetivo de verificar a viabilidade dos pleitos apresentados.