COPA SUL

Paraisense e Oriente iniciam disputa final da Iª Copa Sul Mineira TV Passos

Por: Roberto Nogueira | Categoria: Esporte | 24-09-2019 14:46 | 635
Também em 2018 a Paraisense e Oriente fizeram a final e o troféu de campeão ficou em Passos
Também em 2018 a Paraisense e Oriente fizeram a final e o troféu de campeão ficou em Passos Foto de Arquivo

A Associação Atlética Paraisense e o Oriente Futebol Clube realizam neste domingo, 22, a primeira partida da final da Iª Copa Sul Mineira de 2019. A competição organizada pela TV Passos tem em disputa o Troféu Abrão Assad Kallas, vai reviver a rivalidade do futebol entre São Sebastião do Paraíso e Passos. A segunda partida da decisão está marcada para o próximo dia 28, no Estádio Comendador João Alves, às 15h30.

Para a decisão deste domingo o jogo acontecerá no Estádio Geraldo Starling Soares, em Passos, às 9h45. A Paraisense conquistou a vaga para a decisão após derrotar o time de Pratápolis, vencendo por 2 a 1, no sábado, 14. Já o Oriente obteve a vaga após empate sem gols diante do São Cristóvão Atlético Clube, de Itamogi.

Ambas as equipes reeditam no campeonato quarentão a final do ano passado. Na oportunidade em 2018, o time passense levou o título de campeão. A conquista ocorreu depois que o Oriente veio a Paraíso e venceu a Verdona em seus domínios, por 2 a 0.

No jogo da volta, em Passos, mesmo perdendo por 1 a 0 os donos da casa comemoraram. Agora a partida entre ambos os times se repete, apenas com o mando de campo invertido, se comparado um ano e outro.

A competição começou a ser disputada em julho deste ano tendo a participação de 10 equipes de várias cidades da região. No início pela chave A, estavam as equipes do Pratápolis, São Cristóvão, Paraisense, Operário e Altinópolis. Na chave B, estavam Glória, Palmeirinha, Oriente Alpinópolis e Clube dos 30.

Após as fases eliminatórias os artilheiros da competição são: Luciano Aurélio (São Cristóvão) com 6 gols; Devid Júnior (Paraisense) com 4 Gol, seguido de Carlos Fer-nandes, também da Verdona, com 4 gols e Dirceu Jorge (Oriente) que balançou as redes adversárias quatro vezes.