ACUSADO FURTO

PM prende acusado de furtar aparelho de TV na Casa da Cultura em Paraíso

Por: João Oliveira | Categoria: Polícia | 27-09-2019 10:32 | 243
Foto de Reprodução

A Polícia Militar registrou ocorrência na manhã de sexta-feira (27/9), ocorrência que resultou na detenção de um homem de 43 anos, no bairro Nossa Senhora Aparecida, em São Sebastião do Paraíso. O suspeito é acusado de ter furtado uma Smart TV das dependências da Casa da Cultura, crime que teria ocorrido durante a madrugada.

No local onde o suposto autor estava escondido os policiais aprenderam ainda dois vasos de uma planta análoga a maconha. O material foi apreendido e encaminhado para a Delegacia de Polícia.

A ocorrência teve início quando um servidor público que trabalha no prédio da Casa da Cultura acionou o telefone 190 para denunciar o arrombamento das instalações. Ele informou à central de operações da Policia Militar que ao chegar à repartição para trabalhar deparou-se com a porta da sala do Museu Municipal aberta. Foi mencionado que o cadeado foi removido ou estourado e o local estava todo revirado.

Também constatou que um aparelho Smart TV, de 52 polegadas e um monitor de computador foram furtados. Ambos os equipamentos eletrônicos pertencem ao patrimônio público municipal.

No local, além do Museu Municipal, também funciona a Casa da Cultura onde são guardados diversos objetos históricos e ainda possui sala que abriga as reuniões do Conselho Municipal do Patrimônio Histórico Municipal. Centenas de documentos históricos de São Sebastião do Paraíso são guardados no mesmo espaço.

As primeiras informações obtidas pela PM davam conta de que na rua Notel Bernardes, no bairro Vila Operária havia um homem oferecendo para venda uma TV a transeuntes e moradores das imediações. Os policiais foram até o local e confirmaram a denúncia sobre o suspeito.

A polícia abordou C.H.P., de 43 anos, que estava escondido em um terreno baldio e ainda estava de posse de uma televisão, com as mesmas características da Smart TV levada da Casa da Cultura.

O homem alegou que havia comprado de uma pessoa não identificada, pelo valor de R$ 50,00. Ele também não soube dar detalhes sobre o suposto vendedor e também não apresentava nenhum documento do produto adquirido.

Ainda durante as buscas nos lotes vagos das imediações, em busca do monitor de computador, os policiais acabaram se surpreendendo. No local foram encontrados dois vasos contendo pequenas plantas de maconha.

O homem foi preso em flagrante e conduzido, juntamente com a TV e os vasos que foram apreendidos.