ENEM 2019

Candidatos ao Enem de 2019 já podem saber os locais das provas

Por: Roberto Nogueira | Categoria: Brasil | 19-10-2019 05:43 | 2228
Com a divulgação dos locais de provas estudantes intensificam preparativos para o Enem 2019
Com a divulgação dos locais de provas estudantes intensificam preparativos para o Enem 2019 Foto de Divulgação

A partir desta quarta-feira (16/10), candidatos inscritos para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) já podem conferir os locais onde serão aplicadas as provas. Em São Sebastião do Paraíso igual ao ano passado, serão ao menos cinco escolas onde serão realizadas as avaliações aos estudantes que em 2019 acontecerá nos dias 3 e 10 de novembro. Embora sem a confirmação do número de inscritos, a expectativa é de que cerca de três mil alunos participarão dos testes, incluindo os que são oriundos de outras cidades da região e que têm Paraíso como sede.

A partir de hoje o endereço e o número da sala para realização da prova ficarão no sistema junto com a liberação do Cartão de Confirmação da inscrição. O documento poderá ser acessado pela Página do Participante, na internet, ou pelo aplicativo do Enem para celular, disponível nas plataformas Apple Store e Google Play. O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), responsável pela realização do Enem, recomenda que os participantes levem o Cartão de Confirmação impresso nos dois dias de prova.

O Inep orienta aos estudantes para que cheguem ao local das provas com antecedência. Os portões abrirão ao meio-dia (12h), pelo horário oficial de Brasília, e serão fechados às 13h. Para fazer as provas, é necessário utilizar caneta esferográfica de tinta preta, fabricada com material transparente.

Também é possível verificar a opção de língua estrangeira feita durante a inscrição; o tipo de atendimento específico e/ou especializado com recursos de acessibilidade, caso tenham sido solicitados e aprovados. Os dados do Enem permitem uma autoavaliação do estudante e o desenvolvimento de estudos e indicadores educacionais. O exame tem quatro provas objetivas, com 180 questões, e uma redação.