COBRANÇAS

Asfalto, atenção à Guardinha e licitação foram cobranças feitas na sessão da Câmara

Por: João Oliveira | Categoria: Política | 24-10-2019 17:56 | 438
Foto de Reprodução

O Grande Expediente da Câmara Municipal da sessão de segunda-feira (21/10) foi repleto de cobranças ao chefe do Executivo no que tange, entre os muitos assuntos, a atenção ao Distrito de Guardinha, finalização de asfaltos em diversos bairros de Paraíso, bem como segurança pública, licitação para quiosques, promoção da Guarda Civil Municipal e critérios no corte de árvores no município.

O vereador Marcelo de Morais pediu para que a Prefeitura dê maior atenção ao Distrito. Lembrou de situação de ruas que não estão asfaltadas, bem como a cobertura da quadra da Escola Municipal Francisco Daniel. Lembrou ainda furtos que aconteceram a túmulos do cemitério do Distrito e afirmou que “Guardinha vive abandono”.

O vereador José Luiz do Érika também reiterou cobranças para a finalização de asfaltos em diversos bairros, mencionando entre eles Santa Tereza, São Sebastião, Itamarati, e São Francisco. Pediu ainda que fosse endereçada a Secretaria de Segurança Pública ofício pedindo maior segurança em Guardinha. “Placas de bronze de túmulos foram furtadas, que sejam tomadas as providências cabíveis para prender as pessoas que estão praticando esses crimes e que ninguém compre esse material, porque a família faz com tanto carinho para alguém ir lá e levar isso”, ressaltou o vereador José Luiz.

Também pediu que seja viabilizada licitação para que haja comércio nas praças por meio de quiosques. “Já que o município não tem condição, que no edital cobre uma construção padronizada e quem ganhar que construa esse quiosque. É mais emprego e mais famílias que serão sustentadas com a viabilidade daquele negócio, além de lazer para aqueles que gostam de frequentar esses espaços”, lembrou o vereador.

Zé Luiz cobrou encaminhamento à Câmara de projeto de lei de autoria do Executivo municipal sobre a promoção de carreira da Guarda Civil Municipal. “Foi feita justiça à alguns setores do funcionalismo público, mas para outros não, como é o caso da Guarda Civil Municipal. Há também um setor no Obras e outra parte que não recebeu a promoção. Sabemos que no próximo ano não poderão ser enviados esses projetos, e já está acabando o ano, então que o prefeito possa anteder esse pedido”.

A vereadora Cidinha Cerize cobrou maior segurança e solicitou que fosse viabilizada a presença da GCM nas portas de todas as escolas para coibir a presença de usuários de drogas, situação que segundo ela tem preocupado bastante as mães de alunos.

A vereadora solicitou providências em relação aos cortes inadequados de árvores e não substituição e, também, revitalização das calçadas. Ela pediu também maior atenção ao Codema ao autorizar esses cortes.

Vereadores fizeram cobranças quanto a Área Azul e cobrança do estacionamento rotativo. Chegaram a criticar a atuação da empresa responsável pelos trabalhos, bem como lembraram que a Câmara já aprovou lei para suspender a área azul em Paraíso. Lembraram também que aplicativo tem apresentado problemas e ainda há dificuldade em encontrar um agente parar realizar a compra do bilhete da área azul.