MENOS CANDIDATOS

ENEM 2019: Número de candidatos diminui e provas serão aplicadas em cinco escolas em Paraíso

Por: João Oliveira | Categoria: Educação | 02-11-2019 10:37 | 503
Foto de Reprodução

Devido à redução do número de candidatos que devem prestar a prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) este ano em São Sebastião do Paraíso, o exame, que acontece nos dias 3 e 10 de novembro, será realizado em cinco escolas do município: Benedito Ferreira Calafiori, Clóvis Salgado, Paraisense, Comendadora Ana Cândida de Figueiredo e Colégio Objetivo NHN. Ao todo, serão 2.150 candidatos realizando o exame.

Conforme divulgado pela coordenação do Enem em São Sebastião do Paraíso, assim como em todo o Brasil, a cada ano tem diminuído a quantidade de candidatos participantes. Em 2018 foram 2.800 candidatos, no entanto houve 30% de abstenções, totalizando 1960. Este ano, a fiscalização estará mais rigorosa e, conforme divulgado, se o celular tocar ou fizer qualquer sinal, mesmo dentro do porta-objetos, o candidato será eliminado automaticamente.

No dia 3, domingo, será a prova de Linguagens e Ciências Humanas, totalizando 90 questões, mais a redação. A prova terá duração de 5h30 e o candidato deve estar atento ao início término do exame, com previsão para acabar às 19h.

Ao meio-dia é a abertura dos portões, que serão fechados às 13h. Conforme divulgado, o início da prova é às 13h30 e o candidato só poderá deixar o local de prova às 15h30, sem o caderno de questões e 18h30 com o caderno. No próximo domingo, 10 de novembro, serão aplicadas as provas de Ciências da Natureza e Matemática, com previsão de início às 13h30 e término às 18h30.

ATENÇÃO
O candidato, além de atento aos horários de abertura e fechamento dos portões, deve levar caneta esferográfica de tinta preta, fabricada em material transparente. Deve estar portando documento de identificação e o acesso à sala de provas só será permitido mediante a apresentação de algum destes documentos: cédula de identidade, carteira de registro nacional migratório, carteira de trabalho, certificado de reservista, passaporte e carteira de motorista.

Conforme divulgado pelo INEP, se o documento tiver sido roubado ou furtado antes do exame, o candidato deverá apresentar o boletim de ocorrência expedido por um órgão policial há, no máximo, 90 dias. Também deverá passar por uma coleta de dados biométricos e assinar um formulário especial. Candidatos que apresentem documentos permitidos e originais, mas danificados ou com foto infantil, poderão fazer a prova, desde que se submetam a uma identificação especial.

Participantes que solicitaram atendimento especializado para cegueira, surdocegueira, baixa visão e visão monocular podem utilizar os seguintes materiais: máquina Perkins, reglete, punção, sorobã ou cubaritmo, caneta de ponta grossa, tiposcópio, assinador, óculos especiais, lupa, telelupa, luminária e tábuas de apoio. Também podem ser acompanhados por cão-guia. Todos esses recursos serão vistoriados pelo aplicador do exame. Artigos religiosos, como quipá, também serão permitidos, mas devem ser verificados por um funcionário.