MAIS BARATO

“JS” levantou o preço do gás de cozinha em Paraíso: mais barato está por R$ 65

Por: Sebastião Tadeu Ribeiro | Categoria: Cidades | 02-11-2019 10:40 | 979
Foto de Jornal do Sudoeste

Há cerca de doze dias a Petrobras anunciou reajuste de 3% no preço do gás de cozinha. Quinta-feira (31/10) o Jornal do Sudoeste efetuou levantamento de preços em 14 estabelecimentos que revendem o produto em São Sebastião do Paraíso. Constatamos que o preço mais barato, R$ 65,00 para ser retirado ou R$ 70,00 entregue em domicílio.

O botijão mais caro conforme verificamos, tanto para ser retirado quanto para entrega, é R$ 75,00. Portanto vale a pena o consumidor pesquisar e pechinchar porque a diferença chega a R$ 10,00 entre estabelecimentos. Principalmente para o trabalhador de baixa renda ou desempregados, R$ 10, 00 faz muita diferença, pois poderá comprar três litros de leite, ou 30 ovos, ou outros produtos da cesta básica.

Vale lembrar que o trabalhador formal, por lei somente tem reajuste salarial uma vez por ano, em janeiro, enquanto produtos de alguma forma ligados diretamente ao Governo Federal, tais como o gás de cozinha, combustíveis, energia elétrica, água, entre outros, são os que sofrem aumentos constantes, e sufocam o consumidor.

Vamos aguardar o que foi dito pelo ministro da Economia, Paulo Guedes anunciou, e que consiga o mais breve possível por em prática seu plano econômico, o “choque de energia barata”, com o qual pretende acabar com o monopólio da Petrobras e distribuidoras de gás. Com isso o preço final ao consumidor será, segundo afirma, reduzido consideravelmente.

Veja na tabela em anexo, onde se encontra os melhores preços conforme pesquisa feita pelo “JS”. Sempre oportuno lembrar que o gás na Rússia e Japão custa o equivalente a sete dólares, e são países que não produzem gás. Nos Estados Unidos custa dois dólares e meio, enquanto no Brasil está por volta de 18 dólares, e é pais produtor de gás. É um massacre.