APC

Finados

Por: Redação | Categoria: Cultura | 02-11-2019 13:53 | 156
Foto de Reprodução

Leva-nos a uma reflexão. O imprevisível é a certeza do futuro que nos aguarda. No despertar das ilusões, nós passamos, o inexorável chega sem avisar e nos arrebata. A pessoa acorda de manhã e a noite está sendo velada. Finados, doces e amargas recordações, lágrimas muitas vezes rolam, lembranças difíceis de serem apagadas, saudades e dores contidas, no final se libertarão em infinita paz.

No último degrau da vida, ainda é possível olhar para trás, refletir como deveria ter aproveitado o precioso tempo da existência. Sentimentos revelam marcas impressas no coração, segredos ocultos na alma. Pode-se transferir dinheiro, poder, responsabilidades jamais.  As consequências do que fizemos ou deixamos de fazer são nossas. Não á escapatória.

Em cada despedida uma saudade. Não se esqueça quem fica no coração de alguém.

Quem não deseja não sofre! Transforme a dor em algo passageiro. Ore!

Laércio Felício da Silva
membro da Academia Paraisense de Cultura