TERMÓPOLIS

Secretária do Conselho Distrital de Termópolis ocupa tribuna e reclama de falta de médico

Por: João Oliveira | Categoria: Cidades | 07-11-2019 13:17 | 628
Moradores pediram retorno de médico que há dois meses não atende no distrito
Moradores pediram retorno de médico que há dois meses não atende no distrito Foto de ASSCAM

A secretária do Conselho Distrital de Termópolis, Maria Aparecida da Silva, ocupou a tribuna livre da Câmara Municipal segunda-feira (4/11) para reclamar sobre falta de médico na Unidade de Saúde da Família no distrito. A moradora apresentou um abaixo-assinado com assinatura de diversos moradores do distrito pedindo retorno de um médico que há dois meses não aparece por lá.

“Não sabemos os motivos. É um médico excelente e no distrito de Termópolis todo mundo gosta muito dele. Ele era o único clínico geral, além de outro médico ginecologista que também atende ao distrito. Para nós, vir a Paraíso buscar atendimento na UPA é muito difícil, porque o médico só atende mediante agendamento. Não acho correto um paciente sair de Termópolis para vir a Paraíso agendar atendimento médico. E se for um idoso ou uma criança passando mal”, questionou a moradora.

Maria Aparecida pediu ajuda aos vereadores para que seja tomada providência e o clinico geral que atendia ao distrito possa retornar. “Tanto o doutor Daniel, quanto o doutor Wellington são excelentes profissionais que não medem esforços para atender a comunidade”, ressaltou a secretária do Conselho Distrital.

Marcelo de Morais teceu duras criticas ao trato com a população do distrito de Ter-mópolis. Marcelo e Cidinha Cerizze questionaram as razões pelas quais o médico não estaria mais atendendo, no entanto a moradora disse que desconhecia e que também não procurou a Secretaria de Saúde.

Cidinha Cerize ressaltou que a Comissão de Saúde da Câmara deve buscar maiores esclarecimentos sobre a questão, e também solicitar prazos para que a população não fique por mais tempo desassistida. Vinício Scarano lamentou a situação e também ressaltou que a Comissão tomará as medidas cabíveis.

Jerônimo Aparecido da Silva sugeriu que ofício com questionamentos, bem como abaixo-assinado feito por moradores, fosse enviado diretamente ao prefeito. “Não sabemos as causas, e sugiro que seja feita desta forma para que se resolva a questão de uma vez por todas”, destacou.

O presidente Lisandro Monteiro aprovou o encaminhamento de dois ofícios, um pedindo a retorno do médico a Termópolis e outro questionando prazos sobre calçamento do distrito e presença da Guarda Civil Municipal.

O vereador Jerônimo Aparecido da Silva destacou que o prefeito retornou contato e garantiu que o médico voltaria para prestar atendimento no distrito de Termópolis. “O doutor Wellington irá de 15 em 15 dias, e o doutor Daniel duas vezes por semana. Ao que parece, é o próprio doutor Daniel que não está podendo ir mais, mas ele já garantiu que o médico volta. Os moradores podem ficar tranquilos”, completou.