SEBRAE

Sebrae Minas inicia o Programa Agente Local de Inovação em 14 cidades do Centro Oeste e Sudoeste de Minas

Promover a prática continuada de ações de inovação nas empresas de pequeno porte é um dos principais objetivos do projeto ALI
Por: Redação | Categoria: Cidades | 13-11-2019 16:26 | 524
Foto de Reprodução

Nos últimos nove anos, o Sebrae tem investido amplamente em fomentar a inovação para os pequenos negócios. Por meio do Programa Agentes Locais de Inovação (ALI), a instituição proporciona orientação proativa, gratuita e personalizada, nas micro e pequenas empresas, para estimular o talento e a criatividade dos empreendedores, com o objetivo de estimular a inovação e o impulsionamento de seus negócios e suas ideias.

A participação das empresas é 100% gratuita e poderão se inscrever aquelas que tenham faturamento anual de até R$ 4,8 milhões, dos setores Indústria, Comércio ou Serviços.

Os interessados poderão procurar o Sebrae em suas cidades ou ligar para 0800 570 0800. Os especialistas responsáveis pelas orientações são bolsistas do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPQ) selecionados e capacitados pelo Sebrae, que vão até os estabelecimentos para implementar, acompanhar e disseminar a cultura da inovação.

Atualmente, os micro e pequenos negócios representam 27% do PIB brasileiro e mais da metade dos empregos formais. “Ações de inovação têm a capacidade de agregar valor a produtos e serviços de uma empresa, trazendo diferenciação no ambiente competitivo e é ainda mais importante em mercados que apresentam um elevado nível de concorrência. Inovações são importantes porque permitem às empresas alcançar novos mercados, aumentar a receita, realizar novas parcerias, aprender novos conhecimentos e aumentar o valor de suas marcas”, comenta a analista do Sebrae Minas Maria Teresa Maia Bassi.

O projeto é realizado em dois ciclos; em cada cidade 40 empresas serão atendidas, sendo 20 no primeiro ciclo e 20 no segundo. No Centro-Oeste e Sudoeste de Minas, o projeto acontecerá em Divinópolis, Nova Serrana, Luz, Lagoa da Prata, Cláudio, Santo Antônio do Monte, Itaúna, Pará de Minas, Formiga, Itapecerica, Piumhi, Passos, Cássia e São Sebastião do Paraíso.
(por Marcelina Lúcia da Silva Liberato)