COLETA SELETIVA

Município faz evento para ampliar coleta seletiva em três bairros

Município faz evento para ampliar coleta seletiva em três bairros
Por: Roberto Nogueira | Categoria: Cidades | 09-12-2019 09:49 | 689
Foto de Roberto Nogueira

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semad) realizou na manhã de quinta-feira,5, no complexo San Genaro, evento de lançamento da campanha de ampliação da coleta seletiva no município. A iniciativa atenderá aos moradores dos bairros Vila Formosa, Jardim Planalto e o San Genaro, que receberão atenção especial neste sentido. Foram apresentadas várias atrações e atividades relacionadas a preservação ambiental e as consequências que ela implica na vida do ser humano.

São Sebastião do Paraíso é uma dos 19 municípios mineiros que estão investindo em coleta seletiva com apoio do Governo do Estado. A campanha de ampliação do programa de coleta seletiva ocorre após o município receber apoio técnico da Fundação Estadual do Meio Ambiente (Feam) e do Instituto de Gestão de Políticas Sociais (Gesois).

O trabalho de capacitação e conscientização é realizado seguindo um cronograma que envolve várias etapas. Para esta fase a intenção é reforçar as ações que visam melhorar a gestão dos resíduos sólidos urbanos e ao mesmo tempo prolongar a vida útil do aterro sanitário.

Conforme informações da subsecretaria de Gestão Ambi-ental e Saneamento a intenção é levar esse trabalho para outras regiões de Minas Gerais. O objetivo é expandir a coleta seletiva de resíduos em Minas Gerais e ao mesmo tempo ampliar a sustentabilidade da gestão de resíduos sólidos urbanos no estado.

No caso de Paraíso, a Semad identificou a necessidade de melhorar os processos para alcançar mais pessoas e conseguir que a separação do lixo domiciliar seja uma prática mais efetiva em mais pontos da cidade. A partir da iniciativa comandada pela Feam, os técnicos da área ambiental do município passaram por diversos treinamentos ministrados pelo Instituto de Gestão de Políticas Sociais (Gesois) e agora a administração local está implementando, na prática, uma coleta mais qualificada.

Para Denise Bruschi, diretora da Secretaria de Meio Ambiente do Estado, é importante diminuir cada vez mais o que vai realmente para o aterro nas cidades. "Este trabalho de parceria é muito importante porque, na coleta seletiva, você tem que estar sempre chamando o cidadão para participar desse processo", opina. Ela destaca que é necessário sempre fazer novos movimentos novos para despertar a população a participar da coleta seletiva.

No processo de consultoria técnica, o Instituto Gesois formou equipes gestoras para atuar em conjunto com as prefeituras e com a população de maneira organizada.

Foi realizado um diagnóstico em cada cidade participante, levantamento que apontou as fragilidades e potenciais de Paraíso e demais municípios. Através de um estudo gravimétrico dos resíduos e chegou-se a um plano de ações, que variou conforme a característica de cada cidade. Esse planejamento listou todas as ações necessárias, os responsáveis em executar cada uma e os prazos.

Com o aumento da coleta seletiva os reflexos serão sentidos na geração de maior facilidade no acondicionamento e triagem dos materiais e incremento na recuperação dos materiais encaminhados à indústria da re-ciclagem. Além de todos esses benefícios, o que se busca com iniciativas desse tipo é o aumento de renda dos catadores cooperados e associados, a diminuição da pressão sobre os recursos naturais e o aumento da vida útil de aterros sanitários.

"Desde que fomos contemplados pelo governo do Estado com este programa de assistência técnica, temos feito diagnósticos na cidade para sabermos quais as dificuldades", disse. Foram nos bairros San Genaro, Planalto e Vila Formosa   que se detectou haver menor adesão da população na coleta seletiva. "Por isso  foram os escolhidos para receber o lançamento da campanha de ampliação da coleta seletiva . É um evento importante para chamar a atenção da comunidade.

Programação
Durante toda a manhã foram realizadas diversas apresentações de trabalho, exposição de materiais recicláveis, danças e outras atividades. "Tivemos a participação de escolas, das crianças, empresas, Vida Ativa e diversas secretarias. É uma questão de saúde e precisamos trabalhar juntos para desenvolver em todo município o bem-comum", aponta a secretária. Yara ressalta que o grupo G-sois tem em comum uma forma coordenada de trabalhar e direcionar as ações o que ajudou muito no trabalho realizado. "É uma ação coletiva que vínhamos desenvolvendo. Sem uma orientação da melhor maneira e a partir da parceria com o Gesois vimos que é fundamental trabalharmos estas questões junto a população", finaliza.

Durante o evento foram distribuídos algodão doce e pipoca para as crianças durante as apresentações. Também foi realizada homenagem às empresas que receberam o selo "Empresa Amiga do Meio Ambiente".

Em seguida foram premiadas as escolas participantes da Gincana da Coleta Seletiva. A AMA ficou em 1º lugar com média de 37,18 quilos de recicláveis recolhidos por alunos. Em 2º ficou a CMEI Messias Alves Luiz Cerize, com média de 18,22 quilos e em 3º, com 17,21 quilos ficou a CMEI Vinício Scarano. Os vencedores receberam premiações, respectivamente de R$ 500, R$300,00 e R$200,00. O Lions  Clubr também foi homenageado pela campanha realizada de coleta de óleo de cozinha usado para reciclagem.