ACISSP

ACISSP informa que Cadastro Positivo já pode ser consultado

Por: João Oliveira | Categoria: Justiça | 11-01-2020 10:55 | 210
Foto de Reprodução

A Associação Comercial, Industrial, Agropecuária e de Serviços de São Sebastião do Paraíso (ACISSP) passou a divulgar na sexta-feira (10/1), que a consulta ao Castro Positivo já está disponível. O Cadastro Positivo é um conjunto de dados que informam a pontualidade dos pagamentos realizados pelos consumidores.

Conforme a entidade, o seu principal benefício é ampliar o acesso ao crédito para mais pessoas e oferecer melhores condições financeiras, com juros menores e menos burocracia, para quem apresentar boa pontuação no momento de fazer um financiamento ou tomar um empréstimo, por exemplo. Espera-se que a redução nos juros seja significativa para quem, comprovadamente, cumpra com os seus compromissos em dia.

De acordo com o presidente da ACISSP, Ailton Rocha de Sillos, "a única informação que é disponibilizada para as instituições é sobre o comportamento de pagamento do consumidor, que é consolidada em uma pontuação que diz se ele é um bom pagador ou como ele tem pago os seus compromissos ao longo do tempo".

A pontuação do cadastro positivo vai de zero a mil pontos, quanto maior a nota, maior o acesso ao crédito.

Desde o mês de novembro do ano passado, os bancos e instituições financeiras estão enviando para as empresas gestoras dos dados do Cadastro Positivo o histórico dos últimos doze meses de clientes, automaticamente, referente a financiamento, uso do cheque especial ou do cartão de crédito. Quatro empresas estão autorizadas pelo Banco Central a receber as informações: Boa Vista Serviços (SCPC), Serasa Experian, SPC Brasil e Quod Gestora de Inteligência de Crédito.

Os varejistas que possuem crediário próprio ou cartão da loja também devem enviar os seus dados para o cadastro positivo. Ao longo de 2020, outras listas de bons e maus pagadores serão incluídas no cadastro. De pessoas que não têm conta em banco, nem crédito em lojas, mas que são responsáveis por contas de consumo: água, luz, telefone. Um público ainda desconhecido pelas empresas que concedem crédito.

Há estimativas do mercado que preveem que cerca de 22 milhões de pessoas que antes não tinham acesso ao crédito serão beneficiados, pois poderão ter esse acesso facilitado com a inclusão dos seus dados no cadastro positivo.

A consulta às informações pelas instituições e pelo próprio consumidor já está disponível nos sites das empresas gestoras do cadastro positivo. As pessoas que não desejarem que as suas informações sejam enviadas, podem solicitar o cancelamento diretamente no site de uma das empresas gestoras. Para mais informações, o cidadão pode acessa o site www.spcbrasil.org.br/cadastropositivo.