NASCENTES DAS GERAIS

Moradores no Cidade Industrial e Alto Bela Vista se reúnem com representantes da Nascentes das Gerais e autoridades

Por: Sebastião Tadeu Ribeiro | Categoria: Cidades | 18-01-2020 12:39 | 836
Representando a Concessionária Nascentes das Gerais, participaram da reunião a engenheira ambiental Maria Gabriela Correa Perez e a PHD em Antropologia,  Dra. Inês de Oliveira Noronha
Representando a Concessionária Nascentes das Gerais, participaram da reunião a engenheira ambiental Maria Gabriela Correa Perez e a PHD em Antropologia, Dra. Inês de Oliveira Noronha Foto de Sebastião Tadeu Ribeiro

Proveitosa reunião de moradores dos bairros Cidade Industrial e Alto Bela Vista para tratar de assuntos socioambientais, segurança no trânsito, infraestrutura, e duplicação da pista da BR 491 a partir do entroncamento com o trevo da MG 050 até encontrar com a pista dupla, proximidades com o Terminal Rodoviário de São Sebastião do Paraíso, foi realizada quinta-feira (16/1).

A reunião aconteceu na rua Pedro Gomes de Souza, 200, bairro Cidade Industrial, e teve a participação dos vereadores Luiz Benedito de Paula, Cidinha Cerize, Valdir do Prado, o assessor do vereador Marcelo Morais, Diego Carvalho, Marli Ilário representando o presidente Lisandro Monteiro, a secretária municipal do Meio Ambiente, Yara de Lourdes de Souza Borges, o presidente da Associação dos Moradores dos Bairros Cidade Industrial e Alto Bela Vista, Donizete Garcia, e dezenas de moradores.

O encontro teve a participação ativa da Dra Inês de Oliveira Noronha (PHD em Antropologia) e doutora em Educação, e a engenheira ambiental Maria Gabriela Corrêa Peres, de empresa sediada em Belo Horizonte, que presta serviços à Concessionária Nascentes das Gerais.

A antropóloga Inês de Oliveira explicou como compensar impostos sociais ambientais e econômicos, ouviu reclamações e reivindicações de moradores dos referidos bairros, área em que deve ocorrer a duplicação da pista da BR 491. A engenheira Maria Gabriela anotou e registrou em ata as reclamações, reivindicações e sugestões.

Moradores, os três vereadores presentes e representantes de Marcelo Morais e Lisandro Monteiro teceram críticas e pediram providências sobre a exagerada extensão da passarela implantada sobre a pista, bem como sua localização. Salientaram que poucos pedestres a utilizam.

Também abordaram temas sobre projeto de arborização, canalização do Córrego Coolapa que passa em fundos de quintais de várias residências no Cidade Industrial. Também trataram sobre educação no trânsito, reivindicaram espaço para lazer para a comunidade no Cidade Industrial, aumento no espaço do acostamento na BR 491.

Antropóloga e engenheira a serviço da Nascentes das Gerais irão entregar reclamações e reivindicações para diretores da empresa. A intenção é para que quando iniciada a duplicação das pistas não aconteçam erros que venham prejudicar moradores que residem à margem das rodovias, abrangendo também parte do Jardim Planalto.

Para o próximo dia 31 está programada a segunda rodada da reunião, no mesmo local, quando se prevê seja apresentado e discutido o projeto de construção da obra de duplicação, seja anunciado a previsão para início e término da obra.

Segundo Inês de Oliveira, serão compensados os impactos sociais e ambientais que vão acontecer na obra. Ao Jornal do Sudoeste a antropóloga disse que a reunião foi proveitosa, elogiando a  presença de 38 participantes, “um recorde por onde passaram”.

Realmente a reunião foi bem sucedida e mostrou o interesse e preocupação de moradores na preservação do meio ambiente, segurança no trânsito, infraestrutura, saúde e lazer.

Cartaz contendo as reivindicações dos moradores dos Bairros Cidade Industrial e Alto Bela Vista