INAUGURAÇÃO

Escola Municipal Professor José Carlos Maldi é inaugurada

Por: João Oliveira | Categoria: Educação | 31-01-2020 18:06 | 1998
Foto de Jornal do Sudoeste

A obra da Escola Municipal Professor José Carlos Maldi foi inaugurada na manhã desta sexta-feira (31/1). Iniciada ainda na gestão do ex-prefeito Mauro Zanin, com investimento inicial de R$ 1,4 milhões, a obra que ficou parada até o início de 2019, quando foram retomadas as construções e reformas, teve um custo total de R$ 3,2 milhões. Inicialmente, o prédio abrigará o ensino infantil e, no próximo ano, deve ser dado início de forma progressiva o ensino fundamental.

Para o prefeito Walker Américo Oliveira, foi um dia histórico para Paraíso. O evento de inauguração contou com a presença de diversas autoridades e membros da comunidade. "E uma escola com capacidade para abrigar em torno de 450 alunos, iremos iniciar com ensino infantil e ao longo dos anos essas crianças irão poder continuar estudando nesta escola. Atenderá a todos desse bairro, o que facilita não só a vida das crianças, mas também dos pais que trabalham. É uma escola em um local estratégico", destaca.

Walkinho também salientou a importância das diversas atividades, como música e esporte, que essas crianças terão naquele espaço. "Hoje não é simplesmente colocar os alunos dentro de uma sala de aula e ficar ali o dia todo. Assim, o aprendizado fica mais difícil. Claro que o objetivo é cumprir com a grade curricular, mas ao mesmo tempo oferecendo música, arte e dança".

O nome da escola foi dado em homenagem póstuma ao advogado, professor e diretor de escola, José Carlos Maldi, em projeto de lei de autoria do até então prefeito Mauro Lúcio da Cunha Zanin. "José Carlos Maldi foi um grande líder, grande professor, e me deu aula na faculdade de Direito, inclusive, deixou um grande legado como pessoa, profissional e um cidadão do bem de São Sebastião do Paraíso. É uma homenagem justa a ele, uma vez que ele foi um homem da educação", destacou Walker.

Os recursos destinados para as obras foram parte de recursos próprios da prefeitura e, também, da Educação. A escola começou a ser construída em 2009, mas mediante denúncia foi embargada à época. "Era para essa escola estar pronta há muito tempo, mas denúncias infundadas impediram que isso se concretizasse. O prédio estava muito depredado, e refazer às vezes é pior que começar do zero. Mas graças a retomada dos repasses de verbas pelo Governo do Estado, pudemos dar início, não apenas a esta obra, mas a outras como pavimentação e assim por diante", completou.

Para a secretária municipal de Educação, Maria Ermínia Preto de Oliveira Campos, a inauguração representa um avanço para a educação básica no município. "É muito significativo inaugurar uma escola. Inicialmente, iniciaremos as aulas com o ensino infantil, com crianças de 4 e 5 anos, e já estamos preparando para conseguir autorização para o funcionamento para o ensino fundamental para dar o início o ano que vem", diz.

A secretária ressalta que a inauguração irá ajudar a suprir a demanda de creches para crianças de 0 a 3 anos, uma vez que as crianças de 4 anos estão sendo incorporadas no ensino infantil. "As aulas serão iniciadas no dia 6 de fevereiro, serão cerca de 270 alunos e 12 turmas podendo ser ampliada esta demanda. Serão 10 salas, mas uma iremos transformar em sala de informática", completa.