SESI

Vereador Zé Luiz das Graças pede "volta de funcionamento do SESI em Paraíso"

Secretário de esporte afirmou que local está aberto para funcionamento de projetos esportivos abertos à população
Por: João Oliveira | Categoria: Política | 12-02-2020 09:55 | 719
Vereador José Luiz das Graças
Vereador José Luiz das Graças Foto de ASSCAM

O vereador José Luiz das Graças pediu a volta do funcionamento Centro de Atividades do Trabalhador "Donato Picirillo", o CAT, unidade que era ligada ao SESI, mas que passou à administração do município após SESI informar corte de apoio ao CAT.

Por muitos anos a Associação Comercial e Industrial, Acissp, destinou recursos para a manutenção do CAT, a princípio, em parceria com o SESI, que por fim também cortou totalmente sua participação financeira, o que fez com que a Acissp abrisse mão da manutenção do local que, conforme informou à época, era muito dispendiosa.

De acordo com o vereador, o Centro não tem sido aberto para lazer dos paraisenses. "Sempre que se perguntava, diziam que iria funcionar, mas não tem sido disponibilizado para o cidadão paraisense, para o trabalhador, para a população que lá frequentavam e tinha horas de lazer", disse. Após tecer duras críticas, o vereador solicitou ofício pedindo informações sobre as intenções do município para com aquele espaço.

O vereador Vinício Scarano também lembrou que com a possível intervenção no SESC na Praça de Esporte, o município deve ficar sem espaço adequado para execução dos projetos esportivos oferecidos pela Prefeitura, e que o próprio SESI não comportaria esses projetos.

Vinício ressaltou que os espaços esportivos têm diminuído e que a Casa tem que se atentar para que não se diminuam os projetos por decorrência de falta de espaço.

A prefeitura anunciou que assumiria o local em janeiro de 2019. À época, o prefeito Walker foi a Belo Horizonte onde apresentou um requerimento, demonstrando interesse na cessão do espaço para o município, ficando acordado que a Prefeitura assumiria o Sesi, o que possibilitaria a continuidade dos associados para a utilização das áreas de lazer e também adicionada uma escola de educação infantil no local, atendendo a rede pública municipal.

O anúncio de que o CAT SESI de Paraíso seria fechado foi confirmado no final de 2018. O espaço vinha sendo mantido em parceria com a Associação Comercial de São Sebastião do Paraíso (Acissp) que manteve e procedeu me-lhorias no local. 

O CAT foi instalado em Paraíso e funcionava desde 1995 como complexo esportivo social, abrigando um conjunto de piscinas, quadras e salas. No entanto, era a Acissp quem administrava o local numa iniciativa do presidente Ailton Rocha de Sillos.

Apesar da crise e várias ameaças de corte de recursos, o que deixava o funcionamento do CAT incerto, não faltaram esforços para que o órgão fosse mantido. Contudo, ao final de 2018 foi anunciado o fim da parceria deixando toda a responsabilidade de custeio para a Acissp, o que tornou inviável a manutenção e foi anunciado o fechamento da unidade.

Segundo a legislação, em caso de fechamento da unidade, existia cláusula reversiva fazendo com o que o espaço retornasse ao município, com todas as benfeitorias realizadas.

Sobre a atual situação, a reportagem do Jornal do Sudoeste fez contato com a prefeitura, que por meio do secretário de Esporte, Emerson Ramos, informou que "a princípio, o Centro Educacional e Esportivo de Paraíso (Ceesp) funcionará com projetos esportivos da Prefeitura abertos para a população, inclusive a natação já foi iniciada às segundas, quartas e sextas-feiras. Já às terças e quintas-feiras funcionarão projetos escolares no local e, em um futuro breve, será aberto mais um núcleo de hidroginástica do Projeto Vida Ativa".