MULHER

Anater destaca protagonismo da Mulher no Meio Rural

As mulheres rurais são as responsáveis por mais da metade da produção de alimentos do mundo, exercendo também um importante papel na preservação da biodiversidade
Por: Redação | Categoria: Arquivo | 07-03-2020 15:56 | 68
Foto de Reprodução

Neste domingo, 08 de março, quando se comemora o Dia Internacional da Mulher, a Agência Nacional de Assistência Técnica e Extensão Rural (Anater) destaca a importância da participação das mulheres no meio rural, onde desempenham um papel multifuncional, especialmente na agricultura familiar, impulsionando a produção de alimentos e o desenvolvimento socioeconômico do País.

Além de atuar no plantio, na colheita, no beneficiamento e na comercialização da produção, as mulheres lideram associações e cooperativas, são empreendedoras, administradoras, e também contribuem na qualificação do processo, atuando como extensionistas rurais.

Para o presidente da Anater, Ademar Silva Jr, a forma como a mulher se insere na organização do processo produtivo é fundamental para o equilíbrio e a sucessão na agricultura familiar. “A mulheres atuam com liderança e protagonismo, contribuindo de forma eficiente e efetiva para a organização produtiva e na construção de soluções para superação das situações de desigualdade”, avalia.

De acordo com a Associação Brasileira das Entidades Estaduais Assistência Técnica e Extensão Rural (Asbraer), as mulheres representam cerca de um terço dos extensionistas rurais que trabalham nas empresas associadas e, atualmente, sete unidades da Federação possuem uma mulher como presidente da empresa de Ater pública - Amazonas, Bahia, Distrito Federal, Maranhão, Pará, Rio de Janeiro e Santa Catarina.

Também na direção da Asbraer as mulheres são destaque. São três mulheres nas diretorias regionais e uma no Conselho Fiscal, sendo que a vice-presidente nacional é a presidente da Emater-PA, Cleide Amorim, que também foi a primeira mulher a ocupar o cargo de presidente de uma empresa oficial de Ater no País, em 2011.

Mulheres provedoras
Segundo dados da Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO), a América Latina e o Caribe contam com cerca de 121 milhões de pessoas no meio rural, que representam 20% da população total. Destas, 48% são mulheres.

De acordo com a FAO, as mulheres rurais são as responsáveis por mais da metade da produção de alimentos do mundo, exercendo também um importante papel na preservação da biodiversidade, na garantia da soberania e da segurança alimentar ao se dedicar a produzir alimentos saudáveis.

No Brasil, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), 15 milhões de mulheres vivem na área rural, o que representa 47,5% da população residente no campo. Mesmo representando pouco menos da metade da população rural, a participação das mulheres na renda familiar do campo é de 50,3%, sendo o Nordeste a região onde a colaboração monetária é maior. 

Dados do instituto, divulgados no Censo Agropecuário 2017, também mostram que entre 2006 e 2017 a responsabilidade das mulheres pela administração dos estabelecimentos agropecuários passou de 12% para 18,7% do total de produtores rurais – são quase um milhão de mulheres a mais na atividade, sendo que 40,5% das mulheres rurais brasileiras são responsáveis pela família (únicas ou conviventes). 

Dia Internacional da Mulher
Neste Dia Internacional da Mulher, a Anater felicita a todas as mulheres brasileiras, especialmente as mulheres rurais, e reitera seu compromisso em trabalhar na formulação de projetos que possam contribuir para a promoção e fortalecimento da participação feminina na agricultura familiar, para que continuem sendo protagonistas nessa atividade que é a principal produtora dos alimentos que chegam diariamente à mesa dos brasileiros, e que é tão importante para a sobrevivência da humanidade.
por Jerusia Arruda, Ascom Anater