QUESTIONAMENTOS

Secretário de Trânsito responde questionamentos de vereadores na Câmara

Por: João Oliveira | Categoria: Política | 11-03-2020 09:37 | 510
Luiz de Paula criticou morosidade em ações da Secretaria de Trânsito e cobrou providências
Luiz de Paula criticou morosidade em ações da Secretaria de Trânsito e cobrou providências Foto de ASSCAM

O secretário municipal de Segurança Pública, Trânsito, Transporte e Defesa Civil, Miguel Félix, foi à Câmara a pedido do vereador Luiz Benedito de Paula, onde respondeu diversos questionamentos. Luiz de Paula há algum tempo vem cobrando ações da secretaria para a solução de problemas envolvendo a questão das vias e, principalmente sobre a sinalização.

O vereador lembrou que Miguel esteve na tribuna em agosto de 2019 em que foram feitas as mesmas cobranças. Ele citou reivindicações que não foram atendidas pelo secretário como, por exemplo, a questão de cruzamentos perigosos como um próximo à Câmara Municipal, onde forma registrados acidentes com perda total de veículos.

Luiz de Paula ressaltou que há material para realizar essas sinalizações, e que há equipe competente para realizar o serviço. "Fico indignado de ter o material, equipe preparada, mas não ter ninguém para colocar em ação", criticou. Ele citou ainda outros locais na cidade onde não há sinalização nos cruzamentos. O vereador destacou ainda que encaminhou ofício solicitando providências de tudo o que foi mostrado na sessão.

Luiz de Paula criticou ainda ao que chamou de "pouca vontade" por parte da secretaria, e justificou seu posicionamento relatando que há o material para realizar tais serviços, e que no seu entendimento não atender seus pedidos é não atender à população.

Sobre os redutores de velocidade, Miguel informou que está em processo de licitação radares eletrônicos em vias de trânsito rápido. Disse que conseguiu o equipamento que será implantado na Zezé Amaral como teste. O secretário informou ainda, após questionado sobre questão de valores para implantação de lombadas, que isto não compete à secretaria, mas ao setor responsável por compras e licitação.

Após a exposição do vereador, Miguel destacou que grande parte dos problemas apresentado já vem de longa data. Disse que é preciso ser resolvido, mas destacou os obstáculos enfrentados pela secretaria. "Hoje 324 latas de tinta, junto com as ordens de serviço referentes a todas essas demandas do vereador, atenderia apenas a 1/3", explicou.

Félix conta que com apenas uma lata, é possível fazer apenas 30 m de sinalização. "Nós sabemos de todas as deficiências apresentadas pelo vereador. Atendemos a mais de 70 mil habitantes, visamos o interesse coletivo", ressaltou.

O secretário de dispôs a entregar a Câmara toda a programação de serviços da secretaria, bem como as ordens de serviço, mas criticou sua convocação.

"Acredito que há assuntos muito mais importantes a serem discutidos, que nossa cidade enfrenta. Mas me coloco à disposição para mandar qualquer documentação que seja necessária.  Peço, no entanto, a compreensão porque não conseguimos atender a tudo o que queremos. Nós sabemos da situação financeira do município e também das prioridades que temos", ressaltou. Por fim, após as cobranças, o secretário agradeceu e se colou à disposição da Casa.