TERAPIAS HOLÍSTICAS

AROMATERAPIA PARA BEBÊS Óleos essenciais para acalma-los

Por: Profa. Dra. Mirela M. Waldemarin Cabral | Categoria: Saúde | 11-03-2020 15:26 | 280
Foto de Reprodução

Aromaterapia é um ramo da fitoterapia que explora o uso dos óleos das plantas para benefício e cuidado da sociedade. Pelos aromas, conseguimos sentir uma explosão de sensações, desde sentimentos a memórias.  É dessa forma que a aromaterapia trabalha: estimulando o sentido olfativo por meio de óleos essenciais. Eles são extraídos de flores, folhas, raízes e sementes e podem ser divididos em diferentes tipos e propriedades. Geralmente, são aplicados com massagens, ou então, em difusores.

O óleo essencial de camomila  é  muito utilizado, podendo ser aplicado a partir da quarta semana de vida do bebê. Este óleo é conhecido por ser calmante e um sedativo natural, auxilia a acalmar o bebê e ajudá-lo e relaxar na hora de dormir. Pode utilizar de da seguinte forma; misturar de 3 a 4 gotas do óleo de camomila e dê um banho com água quentinha na criança. 

A lavanda, é um óleo essencial equilibrante e, por isso, pode acalmar as crianças e proporcionar um sono mais tranquilo. Uma ótima opção é massagear os pés do bebê usando esse óleo. Para isso, coloque uma gota de óleo de lavanda em 10 ml de óleo vegetal de jojoba ou gergelim. Com a mistura obtida, massageie gentilmente os pés do seu bebê. Para as crianças mais agitadas, procure usar o óleo diretamente no difusor elétrico de água ou no aromatizador de ambiente. Basta colocar oito gotas de óleo. A lavanda envia mensagens de olfato até o cérebro e o perfume liberado por esse óleo durante a noite contribui para purificar o ambiente e ainda trazer as sensações de tranquilidade e relaxamento, ajudando assim a uma noite de sono mais calma. 

Os aromas e suas propriedades; é uma excelente alternativa para complementar os cuidados com os bebes, sendo utilizados para muitas finalidades como: Calmantes, analgésicos, antibacterianos, expectorantes, etc. Para os bebes, os óleos essenciais ajudam a acalmar, estimular e equilibrar o cérebro das crianças, ajudando no avanço e desenvolvimento. Contudo, o uso da aromaterapia para bebês deve ser feito com cautela, pois as defesas imunológicas contra doenças respiratórias e alergias estão em desenvolvimento. A pele e o olfato antes dos 6 anos de idade costumam ser muito sensíveis, dessa forma o ideal é buscar orientação de um profissional.

Profa. Dra. Mirela M. Waldemarin Cabral
Biomédica
Especialista em Terapias Alternativas (Holísticas)
Mestre em Microbiologia
Doutora em Ciências