FALECIMENTOS

Homenagem póstuma ao meu querido irmão José Vicente Herculano Paes

Por: Redação | Categoria: Do leitor | 14-03-2020 21:19 | 42
Foto de Reprodução

Deus, um dia o Senhor emprestou-me José Vicente para enfeitar minha vida. Ele não só enfeitou minha vida, como era a razão do meu viver

I passar uns dias em sua casa e vê-lo feliz era para mim a maior alegria. Era para mim como se fosse meu filho. Eu daria minha vida para que ele vivesse mais.

Mas naquele maldito oito de março, o Senhor Deus veio busca-lo, e eu revoltei-me com o Senhor e disse: - Meu Deus, por que ele, o José Vicente, que era pessoa santa?

Alguns instantes depois, com o coração sangrando, com lágrimas embaçando meus olhos, mudei de ideia e resolvi agradecer a Deus, e disse:

- Meu Deus, muito obrigada por todos esses anos em que o Senhor me emprestou o José Vicente para enfeitar minha vida.

Aí entendi que ele não era meu, é do Senhor Deus, eu não posso revoltar-me, tenho que agradecer ao Senhor, então só posso dizer:

- Obrigada, meu Deus, por esses longos anos em que o José Vicente me fez tão feliz.

Segue seu caminho meu irmão querido, vai ao encontro dos Anjos, lá sim, é seu lugar.

Agora há festa lá no céu!

Até um dia, meu irmão, que amei tanto, tanto!

Marene Lizareli Paes
São Sebastião do Paraíso,
08-03-2020.