COVID-19

Câmara Municipal toma medidas para evitar possível propagação do vírus Covid-19

Por: João Oliveira | Categoria: Saúde | 17-03-2020 22:37 | 773
Acesso às sessões será restrito a vereadores, servidores e imprensa
Acesso às sessões será restrito a vereadores, servidores e imprensa Foto de ASSCAM

São Sebastião do Paraíso está adotando medidas preventivas contra a propagação do vírus Covid-19, o coronavírus. Nos primeiros minutos da sessão de segunda-feira (16/3), a assessora da Câmara, Helena Tallmann, comunicou que as medidas seguem o exemplo de diversos órgãos públicos, em favor da população e pensando no bem-estar coletivo.

"Ressaltamos que as mudanças são temporárias e têm a função de prevenir o contágio da doença, que é transmitida pelo ar e por superfícies contaminadas, sendo necessário evitar aglomerações de pessoas. Lembrando que não existem casos confirmados de coronavírus no município", informa.

De acordo com Tallmann, as sessões passam a ter o acesso restrito a vereadores, servidores da Casa, assessores parlamentares e imprensa. Helena acrescenta que as sessões podem ser acompanhadas por meio da TV Câmara, com transmissão ao vivo pelo site da Câmara e página no Facebook. As medidas ainda preveem que o empréstimo do plenário e das dependências da Casa também está suspenso até nova determinação.

Ainda, de acordo com o comunicado, os eventos agendados para os próximos 30 dias foram cancelados. "O lançamento e as atividades do projeto Parlamento Jovem e audiências públicas foram adiados e serão remarcados para data oportuna".

Sobre o atendimento ao público, a assessora de comunicação diz que se for necessário fazer contato com a Câmara ou com vereadores, que população priorize o uso do telefone 3531-4700 e evite visitar as dependências da Casa nesse momento.

Helena destaca que em Minas Gerais foram confirmados seis casos de coronavírus: em Divinópolis, Ipatinga, Juiz de Fora, Patrocínio em Belo Horizonte.  "Na última sexta-feira 13, o Governo do Estado publicou decreto que institui situação de emergência em Saúde Pública em razão do vírus. O portal do Ministério da Saúde esclarece que a doença causa infecções respiratória e os sintomas são parecidos aos da gripe", explica.

A transmissão de dá por meio de secreções de pessoas infectadas, no ar ou superfícies e utensílios contaminados. Para se prevenir é necessário higienizar bem as mãos, evitar tocar os olhos, boca e nariz, e cobrir o nariz e boca ao espirrar ou tossir. Helena destaca ainda que ao apresentar febre e sintomas respiratórios, é preciso procurar atendimento de saúde e, se possível, manter-se em isolamento.