GREVE

Servidores da Justiça Federal e Justiça do Trabalho em Paraíso aderem à greve geral do dia 18

Por: Roberto Nogueira | Categoria: Justiça | 14-03-2020 23:02 | 23
Foto de Reprodução

Servidores da Justiça Federal, da Vara Federal do Trabalho de São Sebastião do Paraíso confirmaram participação na greve geral marcada para a próxima quarta-feira,18. O movimento prevê também reunir pessoas de outras categorias para protestar contra as propostas do governo de desmonte dos serviços públicos (PECs 186, 187 e 188/2019, e Reforma Administrativa). Uma concentração deverá ser realizada em frente à Prefeitura, local onde deverá ocorrer uma manifestação.

Apesar de ser liderado por servidores da Justiça do Trabalho e da Vara Federal, os organizadores tentam reunir representantes de outras categorias. Conforme foi apurado pela reportagem foram convocados funcionários da Receita Federal, Justiça Eleitoral e também servidores da Educação que até o fechamento da matéria na tarde de sexta-feira,13, não haviam confirmado participação. A proposta é reunir lideranças sindicais e outras entidades associativas para a promoção de um movimento unificado.

Durante esta semana representantes dos órgãos que vão participar do movimento deverão se reunir para organizar a programação. Também estão sendo mantidos contatos com os sindicatos como o SITRAEMG (Sindicato dos Trabalhadores do Poder Judiciário Federal no estado de Minas Gerais) que tem passado coordenadas sobre a manifestação.  A expectativa é que a mobilização deverá tornar-se mais intensa nos próximos dias com os preparativos finais para a manifestação que acontecerá em um só dia.

De acordo com os sindicatos os protestos são contra as propostas do governo que prevê a perda de direitos e garantias dos trabalhadores, nas PECs e na Reforma Administrativa, além da Carteira Verde Amarela. A justificativa é de que se estas medidas forem aprovadas significará praticamente o fim das leis trabalhistas, sujeitando os trabalhadores a baixos salários, jornadas excessivas e, ainda, sem direito ao fundo de garantia e previdência.