CONDENADO

Preso homem condenado por matar casal de Santo Antonio da Alegria

Por: Roberto Nogueira | Categoria: Polícia | 14-03-2020 18:24 | 97
Foto de Reprodução

Policiais da Delegacia Regional de Polícia Civil de São Sebastião do Paraíso participaram em conjunto com uma equipe da DIG (Delegacia de Investigações Gerais) de Ribeirão Preto (SP) da prisão de um homem na tarde de quinta-feira,12. Condenado pela morte de um casal, em Santo Antônio da Alegria (SP) no ano de 2012, segundo informações ele planejava outro crime contra uma testemunha. O pedido de prisão preventiva foi acatado e ele já se encontra recolhido.

Conforme divulgado o homem possui 42 anos e foi preso em uma propriedade rural no município de São Sebastião do Paraíso, próxima a divisa entre Minas Gerais e São Paulo. Ele foi condenado pela justiça por matar um casal na cidade de Santo Antonio da Alegria. O crime ocorreu em julho de 2012, mas, no entanto, o réu que tinha bons antecedentes respondia em liberdade desde 2013. O júri popular aconteceu em 2017 e ele foi condenado a 21 anos de reclusão.

O preso que não teve a identidade revelada estaria planejando um novo crime. Conforme policiais paulistas ele pretendia contratar bandidos para assassinar um policial de Altinópolis (SP) que é uma testemunha chave do duplo homicídio ocorrido há oito anos. O setor de inteligência da Polícia Civil da DIG apurou informação de que o preso, que também tem ligação com uma facção criminosa, que atua nos presídios de São Paulo e de outros estados.

Depois de detido o homem foi encaminhado para um presídio da região no interior paulista, mas o local também não foi revelado. Ele ficará preso preventivamente depois que o pedido do MP-SP (Ministério Público de São Paulo), que foi acatado pela Justiça. O delegado de polícia Cézar Augusto de França, da DIG, que foi testemunha de acusação no Tribunal do Júri ocorrido há três anos, conduziu as investigações.