SARAMPO

Próxima etapa de campanha de vacinação contra sarampo acontece entre julho e agosto

Por: João Oliveira | Categoria: Saúde | 14-03-2020 16:36 | 236
Foto de Reprodução

Encerrou-se nesta sexta-feira (13/3) a campanha de vacinação contra sarampo destinada a crianças e jovens com idades entre 5 e 19 anos. Conforme a Coordenadora da Vigilância em Saúde em São Sebastião do Paraíso, o objetivo era atingir uma cobertura vacinal de 95%, mas Paraíso sempre manteve esse número e a campanha apenas atendeu à vacinação de rotina.

"Recebemos um movimento muito grande de pessoas em busca da vacina e não fizemos apenas a de sarampo, mas buscamos colocar o cartão de vacinação desse público em dia. O sarampo, mantivemos a cobertura vacinal", destaca a coordenadora da Vigilância, Daniela Cortez.

Conforme a Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES/MG), a doença estava praticamente erradicada, mas voltou a apresentar novos casos. Somente em Minas Gerais no ano passado foram registrados 136 casos da doença. Em 2019 foi realizada uma intensa campanha e a Vigilância em Saúde conseguiu realizar uma cobertura vacinal de praticamente 100%

A segunda etapa da campanha acontece entre junho para o público com idade entre 20 a 29 anos; e em agosto, para a população de 30 a 59 anos de idade. A vacina é destinada àqueles que não tenham comprovação de ao menos uma dose do tríplice viral, conforme estipulado no Calendário Básico de Vacinação. O dia D de mobilização deve ocorrer do dia 22 de agosto.

Em Paraíso, em 2019, foi alcançado cerca de 98% das 3.763 vacinas estabelecidas pela campanha daquele ano. Também, em Paraíso, até outubro de 2019 foram registrados 11 casos suspeitos que acabaram sendo descartados, porém as suspeitas iniciais davam conta de que a doença havia sido importada do estado de São Paulo, que vivia um surto na época.

O sarampo é uma doença contagiosa transmitida por meio da fala, da tosse e do espirro. Os principais sintomas são mal-estar geral, febre, manchas vermelhas que aparecem no rosto e vão descendo por todo o corpo, tosse, coriza e conjuntivite. A vacina é fornecida pelo Ministério da Saúde e está disponível gratuitamente em postos de saúde de todo o país.