CORONAVÍRUS:

São 27 pacientes suspeitos em Paraíso: número duplicou em um dia

Por: Roberto Nogueira | Categoria: Cidades | 23-03-2020 17:15 | 1803
Foto de Reprodução

O número de pessoas classificadas como suspeitas de terem contraído o coronavírus em São Sebastião do Paraíso saltou para 27, conforme divulgado nesta segunda-feira (23/3). Até o momento não nenhum caso confirmado. O crescimento pode ser justificado devido a nova forma de classificação adotada pelos órgãos de saúde, depois que foi decretado que há transmissão comunitária em todo território nacional. No intervalo de seis dias o avanço dos casos nesta condição chega a 575%, considerando-se que na última quarta-feira (18/3), havia apenas quatro casos registrados como suspeito e continua um descartado.

Assim como os casos de mortes vem crescendo nos últimos dias em todo o País devido ao COVID-19, também a quantidade de pessoas com sintomas suspeitos da doença tem alcançado números cada vez maiores.

Em Minas Gerais por exemplo no boletim epidemiológico divulgado nesta segunda-feira (23/3), é apontado que no estado foram notificados 8.149 casos de infecção humana pelo COVID-19. Destes casos, 7.766 estão em investigação como suspeitos e cento e vinte e oito (128) casos foram confirmados.

A mudança nos números e o aparecimento de novas situações fez com que o Ministério da Saúde alterasse a forma de contabilizar os casos. Desde  quinta-feira (19/3), o Ministério da Saúde deixou de trabalhar com casos suspeitos, passando a divulgar apenas as situações confirmadas e as mortes decorrentes da doença resultante da infecção pelo vírus.

Também em virtude destas alterações alguns procedimentos passaram a ser diferentes em relação a forma com que o paciente é encaminhado quando procura uma Unidade de Saúde por exemplo. Se ele no momento em que se apresentar estiver espirrando já é considerado uma pessoa suspeita, e de imediato é encaminhada para uma sala, onde recebe máscara e é cadastrada. O caso já passa a ser contabilizado como suspeito o que faz com que haja um aumento considerável na quantidade de pacientes que serão classificados neste estágio.

Em Paraíso que desde o início do mês só havia um caso descartado em 12 de março, voltou a ter registros de suspeitos desde o dia 18, quando surgiram quatro novos casos. A partir de então os números vem numa crescente, passando para 6 no dia 19, 9 no dia 20 e se manteve no dia 21. Já no domingo (22/3), a quantidade passou para 14 e nesta segunda-feira o volume praticamente dobrou saltando para 27.

Em todos os casos os pacientes foram encaminhados para casa e recomendados para que fiquem em isolamento domiciliar. O monitoramento é feito por equipes da Vigilância em Saúde, que assiste aos pacientes e familiares durante o período de quarentena.

Amostras de material foram coletadas para análise laboratorial que é feito na Fundação Ezequiel Dias, em Belo Horizonte. Nenhum dos exames encaminhados desde a semana passada teve resultado divulgado. A espera se deve ao grande volume de análises a serem feitas que abrange todos os municípios de Minas Gerais.