COVID-19

Para conter Covid-19, Prefeitura suspende alvará de estabelecimentos que podem gerar aglomerações

Por: João Oliveira | Categoria: Cidades | 22-03-2020 10:31 | 91
Foto de Reprodução

Uma das medidas mais sérias tomadas pela Prefeitura de São Sebastião do Paraíso foi a suspensão de alvarás de funcionamento de estabelecimentos que possam gerar aglomerações. A decisão, contida em Ato Normativo da Secretaria Municipal de Planejamento e Gestão, também orienta como restaurantes e lanchonetes devem agir mediante a situação. O ato passa a valer a partir desta segunda-feira (23/3).

Segundo o documento, ficará suspenso o funcionamento por tempo indeterminado de casas de shows e espetáculos de qualquer natureza; boates, danceterias, salões de danças e congêneres; casas de festas e eventos; feiras, exposições, congressos, seminários e congêneres; cinemas e teatros; clubes de serviço e lazer; academias, centro de ginástica, estabelecimentos de condicionamento físico e congêneres; clínicas de estética e salões de beleza; parques de diversão e parques temáticos; bares, igrejas e templos de qualquer natureza.

Em relação a restaurantes e lanchonetes, o ato determina que seja higienizado, após cada uso, durante o período de funcionamento e sempre quando do início das atividades, as superfícies de toque, tais como cardápios, mesas e bancadas, preferencialmente com álcool 70% (setenta por cento) ou outro produto adequado.

O ato determina também que para esses estabelecimentos, além da questão da higiene, que se diminua o número de mesas no estabelecimento de forma a aumentar a separação entre elas, reduzir o número de pessoas ao local e garantir a distância mínima recomendada de dois metros lineares entre os consumidores.

Por fim, que se faça utilização, se necessário, do uso de senhas ou de outro sistema eficaz, a fim de evitar a aglomeração de pessoas dentro do estabelecimento enquanto aguardam mesa.