COVID-19

Casos suspeitos de COVID-19 crescem 50% de um dia para outro em Paraíso

Por: Roberto Nogueira | Categoria: Cidades | 26-03-2020 14:58 | 534
Foto de Reprodução

As notificações de pessoas com suspeitas de estarem com o novo coronavírus em São Sebastião do Paraíso cresceram 50% de terça-feira,24, para a quarta-feira,25 de março. Na tarde desta quarta-feira,25, a Secretaria Municipal de Saúde apresentou novo boletim informando que há 96 pessoas nesta condição. Levantamento obtido pelo Jornal do Sudoeste, junto a Secretaria Estadual de Saúde revela que nos dados apurados até 36 casos, a maior predominância é de mulheres com idade entre 30 e 39 anos que somam 16,7%.

No boletim apresentado além da elevação da quantidade de casos suspeitos que na terça-feira,24, era de 65 e passou para 96 na quarta-feira,25, foram mantidos os números que acusam apenas um caso descartado e nenhum confirmado.

A coordenadora de Vigilância em Saúde, Daniela Cortez, explicou que há um atraso em relação aos números apurados no Município em relação ao que é divulgado pelo Estado. “Temos um sistema on line onde informamos a Secretaria de Estado todos os dias das notificações que são feitas, mas devido a grande demanda o processamento das informações não ocorrem na mesma velocidade”, explica. Por isso a divergência dos números salienta.

Em resposta a indagação feita pelo Jornal do Sudoeste referente ao perfil dos pacientes e em cima dos 65 casos apresentados na quarta-feira,24, o secretário Wandilson Aparecido Bícego relatou que são 31 do sexo masculino e 34 femininos. Dentre eles 45 estão na faixa etária entre 20 e 25 anos. Os demais são 2 (10-20 anos), 8 (0-10 anos), 2 (70-80 anos), 6 (50-60 anos), 1 (6-70 anos) e 1 na casa de 80 anos e mais. “A nossa preocupação maior são os quatro casos daqueles que tem idade a partir dos 60 anos”, disse.

Outra informação anunciada é de que nenhum destes pacientes está em condição grave e todos estão em isolamento social sendo cumprida em suas casas. “Felizmente até o momento não temos nenhuma internação” observa o secretário. Ainda de acordo com Daniela existem seis funcionários que fazem o trabalho de monitoramento destas pessoas e o acompanhamento junto aos familiares e também através de contato telefônico.

Conforme dados recebidos pelo Jornal do Sudoeste da SES/MG referente aos exames enviados pelo município dos quais 36 foram processados, a maior parte são de mulheres na faixa etária de 30 a 39 anos (16,7%), em seguida aparece as classes de 10-19 anos e 20-29 anos (8,3% cada), além de 0-9 anos e 50-59 anos (5,6%). Os menores índices são de 2,8% para quem tem de 40-49 anos e de 60-69 anos. No público masculino, a faixa etária mais comuns são de 20-29 e 30-39 anos (11.1%). Os menores percentuais são de homens com idades a partir de 60 a 89 anos com 2,8%, sendo que não há registro na casa de 10-19 anos, para os meninos.

Testes rápidos
Ainda durante entrevista o prefeito Walker Américo Oliveira que havia anunciado que o Município faria a compra de 2.500 kits rápidos para fazer exames na população local, informou que após levantamento de custos que a Prefeitura não tem recursos suficientes. “No entanto, em contato com empresários de nossa cidade, o Geraldo Alvarenga e o Luiz Antônio Tonin, serão doados mil kits para o município”, disse.

A expectativa é de que o material possa chegar à cidade até o final do mês. Quanto ao material que o Ministério da Saúde informa que está em fase de aquisição não há previsão de em quanto tempo ele chegará a Paraíso, já que estes testes rápidos ainda se encontram em fase de fabricação.

De acordo com o secretário e a coordenadora da Vigilância em Saúde a população deve continuar mantendo as medidas de higiene e seguindo as regras de isolamento social. Também foi anunciado que não há determinação do Governo do Estado para a volta às aulas. Já o prefeito disse que se forem cumpridas as recomendações sanitárias para que se evite aglomerações de pessoas e adoção de medidas de prevenção que ele não se oporia em liberar o funcionamento do comércio a partir da próxima segunda-feira.

Secretaria de Estado divulga parte do perfil de 36 casos suspeitos de Paraíso