SUSPEITOS

115 casos suspeitos de coronavírus são acompanhados em Paraíso, segundo boletim

Atualmente, dois casos foram descartados e nenhum confirmado
Por: João Oliveira | Categoria: Cidades | 26-03-2020 17:27 | 1287
Foto de Reprodução Prefeitura

 

Dados atualizados na tarde desta quinta-feira (26/3) dão conta que surgiram 20 novos casos suspeitos de coronavírus em São Sebastião do Paraíso e o número saltou para 115.

Conforme ressaltou a coordenadora da Vigilância em Saúde, Daniela Cortez, anteriormente, embora os números assustem, o aumento que vem sendo registrado se deu por mudanças no protocolo de notificação. Agora, qualquer sintoma relacionado ao Covid-19 deve ser notificado. Ela explicou que o problema é que os sintomas da gripe comum são muito similares ao do coronavírus, e que tendência é que número continuem aumentando.

Na tarde desta quinta-feira (26/3), o prefeito Walker Américo Oliveira anunciou que a Câmara Municipal devolveu R$ 150 mil para a Prefeitura que conforme disse serão utilizados para a compra de mil testes rápidos. Isso deve agilizar os resultados que têm demorado devido à grande demanda que os laboratórios credenciados têm recebido. O valor devolvido pela Câmara é proveniente de sobras de duodécimos, ou seja, valores que a Prefeitura por lei é obrigada destinar ao Legislativo municipal.

Em entrevista na tarde de quarta-feira, Walkinho havia destacado que a intenção  era a aquisição de 2.500 kits para fazer exames na população local, no entanto informou que após levantamento de custos chegou-se a conclusão que a Prefeitura não tem recursos suficientes, mas que empresários paraisenses, entre eles Geraldo Alvarenga e o Luiz Antônio Tonin, iriam doar mil kits para o município.

Número apresentados pela Prefeitura mostram que desde segunda-feira os casos suspeitos vêm sofrendo aumentos significativos. No dia 23 de março eram 27; dia 24, saltaram para 65; e na quarta feira dia 25, atingiram 96 casos. Atualização na tarde desta quinta (26/3) apontou 20 novos casos suspeitos, o que totaliza 115 suspeitos.

Até o momento, dois casos suspeitos foram descartados e não houve nenhum  confirmado.  Medidas para conter a propagação da doença continuam sendo tomadas. A recomendação é para que quem não precise sair, que fique em casa até a situação estar sob controle.

Através de sua Procuradoria Jurídica a Prefeitura também acionou setores competentes para identificar quem postou notícia falsa (fake news), afirmando que havia paciente que teria exame positivo para coronavírus em Paraíso, o que, segundo a Vigilância em Saúde, é informação falsa.

Em Minas Gerais, conforme divulgado pela Secretaria do Estado de Saúde de Minas Gerais já foram confirmados 153 casos de coronavírus, dos quais 96 foram confirmados em Belo Horizonte. De acordo com o boletim, a faixa etária com maior número de doentes é a de 20 a 59 anos: 128 pacientes. Na faixa de 60 a 79 anos, são 24 casos - 15,7% das infecções. Nenhuma criança, adolescente ou maior de 80 anos contraiu o vírus até o momento.