VENDEDORES

Moradores desconfiam e acionam PM para vendedores de produtos “terapêuticos”

Por: João Oliveira | Categoria: Polícia | 20-05-2020 17:26 | 1061
Foto de Reprodução

Sete pessoas foram abordadas na tarde de terça-feira (19/5) em São Sebastião do Paraíso, suspeitas por venderem produtos sem alvará ou registro na Anvisa. Eles se apresentavam como sendo da área da saúde, e quando atendidos ofereciam os produtos, entre eles travesseiros, mantas e cintas massageadoras com propriedades “terapêuticas”. O material foi apreendido pela fiscalização da prefeitura e os suspeitos, após ouvidos, liberados pela PM.

Segundo informações da PM, os vendedores estariam oferendo os produtos suspeitos no bairro Paraíso do Bosque, tendo moradores desconfiado da ação dos indivíduos e acionado a polícia. Militares localizaram os suspeitos e foi solicitada a presença de fiscais da Prefeitura com a Guarda Municipal.

Foram abordadas sete pessoas, além do motorista de uma van que os transportava de um bairro para o outro. Conforme informações, não foi apresentado o alvará sanitário e os produtos não tinham selo do Inmetro e registro na Anvisa, que é obrigatório para qualquer equipamento com finalidade terapêutica.

A polícia registrou a identidade de todos e logo em seguida foram liberados. O grupo seria de Franca (SP) e estaria representando uma empresa de São Paulo.

A Vigilância Sanitária alerta a população e orienta que evite receber pessoas estranhas em casa, principalmente em razão da pandemia do coronavírus. Qualquer denúncia pode ser direcionada diretamente para o telefone 3539-5003.

matéria completa na edição de sábado...