JUGURTA

Jugurta Carvalho Lisboa

Por: Nelson de Paula Duarte | Categoria: Do leitor | 27-05-2020 10:15 | 482
Foto de Reprodução

Depois de um período de internação motivado por problemas cardíacos, era cardiopata, JUGURTA LISBOA faleceu domingo (24/5) aos 86 anos, em Ribeirão Preto.

Gênio alegre, expansivo, nascido em Cássia, residiu em São Sebastião do Paraíso por muitos anos onde fez amigos, e escreveu bonita história de vida, profissionalmente, e como músico integrante de orquestras que marcaram época. Aposentou-se depois de brilhante carreira na Eletrobras Furnas, quando residia no Rio de Janeiro.

De seu casamento com a paraisense Diva Mumic nasceram Magda, Gizelda, Mirna, Jugurta Filho e Antônio.

Viúvo, casou-se com a professora e escritora Ely Vieitez, em Ribeirão Preto, onde residiu nos últimos anos, e, de igual maneira teve atuação destacada, notadamente como escritor, autor de livros e membro de entidades culturais.

Foi sepultado no Cemitério da Saudade, no início da tarde de segunda-feira (25/5).