GUAXUPÉ

Presos suspeitos de assalto que vitimou gerente da agência bancária em Guaxupé

Por: João Oliveira | Categoria: Polícia | 01-06-2020 11:14 | 1814
Os delegados Gabriel Belchior, Edson Rogério de Morais e Cleyson Brene falam sobre prisões que aconteceram nesta manhã em Guaxupé
Os delegados Gabriel Belchior, Edson Rogério de Morais e Cleyson Brene falam sobre prisões que aconteceram nesta manhã em Guaxupé Foto de Divlgação

A Polícia Civil em Guaxupé prendeu na manhã desta segunda-feira (1/6) dois suspeitos de envolvimento no assalto que terminou com a morte do gerente do Banco do Brasil naquele município, Alexandre Vieira Rodrigues, e um dos assaltantes, Heber Vasconcelos Lopes, que estava cumprindo pena em regime semiaberto.

O crime aconteceu no dia 20 de maio e polícia ainda apura os acontecimentos. Em coletiva transmitida online, o chefe do 18º Departamento de Polícia Civil, delegado Edson Rogério de Morais, e os delegados Cleyson Brene e Gabriel Belchior João, deram mais informações sobre as prisões.

De acordo com o delegado Edson Morais, a ação envolveu toda a polícia civil da região, com apoio de policiais de Belo Horizonte, Passos, São Sebastião do Paraíso e Alfenas. Ele destaca que a polícia ainda trabalha incansavelmente para apurar o caso. Cerca de 40 policiais civis atuaram no cumprimento de dois mandados de prisão. Os suspeitos não tiveram a identidade revelada.

Conforme narra o delegado Cleyson Brene, desde que o crime aconteceu, a equipe de Poços de Caldas se deslocou até Guaxupé onde acompanhou as diligencias. Ele destaca que com base em alguns dados preliminares, conseguiu-se traçar a rotas dos criminosos do banco até onde eles se encontravam na data da prisão na manhã desta segunda.

Segundo o delegado Gabriel Blechior, os suspeitos são de Guaxupé e já são conhecidos da polícia por outros crimes, inclusive a patrimônio. Ele destaca que, apesar dessas prisões, as investigações continuam para apurar se há outros envolvidos na ação.

Segundo ele, imagens mostram que dos dois suspeitos, apenas um havia entrado na agência no momento do crime. O delegado Edson destaca que as prisões aconteceram com base em diversas provas.

Gleyson destaca que as prisões que foram realizadas são prisões temporárias, e que outras diligências que estão acontecendo serão mantidas sob sigilo até que as investigações sejam concluídas.

Familiares do gerente morto disseram a polícia que na ação criminosa havia entre três a quatro indivíduos. Dois foram presos, um faleceu na data do crime, e as diligências continuam para tentar identificar outros envolvidos.

O CRIME
A tentativa de assalto ao Banco do Brasi, que terminou com a morte de um dos assaltantes, Heber Vasconcelos Lopes, de 35 anos, e do gerente da agencia do BB em Guaxupé, Alexandre Vieira Rodrigues, de 39 anos, aconteceu no dia de 20 de maio. A família foi feita refém e solta na BR-491, próximo a AABB, sentido a Guaranésia.