CURTAS EDIÇÃO 2416

Curtas

Por: Redação | Categoria: Cidades | 24-06-2020 09:57 | 334
Foto de Reprodução

Homologado
O prefeito Walker Américo homologou na segunda-feira (22/6), o resultado final do concurso público, realizado em fevereiro. O certame destinado ao provimento de cargos da administração direta de São Sebastião do Paraíso. O concurso foi realizado pelo Instituto Mineiro de Administração Municipal (IMAM) e ofertou 224 vagas para diversas áreas. A homologação está disponível no portal da Prefeitura, no link de Downloads, e também na próxima edição do Jornal Oficial do Município, que será publicada no dia 1º de julho.

Nomeações
Segundo a Prefeitura a nomeação dos candidatos aprovados e classificados será feita de acordo com a necessidade e a disponibilidade financeira do Município. A medida será tomada com cautela e também com estrita observância à ordem de classificação e ao número de vagas existentes ou que vierem a existir durante o período de validade do concurso, que é de dois anos. Também será levado em consideração o Decreto de Calamidade Pública que está vigor no município em razão a pandemia da Covid 19. Aos aprovados a informação de que o chamamento será feito por email, telefonema e publicações no site da Prefeitura e no Jornal Oficial do Município. A posse deve ocorrer no prazo de 15 dias contados da publicação do ato de provimento, prorrogável por mais 15 dias, a requerimento do interessado.

Convocações
Convocados pela Câmara Municipal, pela terceira vez a secretária municipal de Educação, e de Planejamento e Gestão não comparecera. O procurador Nilo Kazan, por sua vez ficou de ir falar pessoalmente com os membros do Legislativo, fora da sessão, numa atitude até de consideração por alguns amigos.

Denúncia
Não satisfeitos com respostas dadas pelo prefeito Walkinho, que os assuntos questionados pela Câmara, de acordo com a Lei Orgânica do Município, estão diretamente ligados à responsabilidade dele (chefe do Executivo), vereadores vão recorrer ao Ministério Público sobre a questão. No entendimento da maioria de vereadores estaria ocorrendo improbidade administrativa por parte dos secretários.

Nem todos
Colocado em votação sobre denúncia dos secretários ao Ministério Público, o vereador e advogado Sérgio Gomes se absteve justificando que queixa-crime é outra coisa e instrumento para outro tipo de situação. Outros vereadores como Valdir do Prado e Paulo César de Souza, foram contrários, por entenderem que a situação pode ser resolvida de outra maneira. No entanto, este não é o entendimento de todos.

Transporte coletivo
“Chamamento Público”  foi feito pela Prefeitura de Paraíso para a contratação de empresa, em caráter emergencial, para fazer o serviço de transporte coletivo urbano e rural no Município. A convocação é válida por um período de 180 dias após a habilitação da empresa vencedora. Segundo um levantamento divulgado no fim de 2019, o serviço era responsável pelo transporte mensal de pouco mais de 95 mil pessoas mensalmente, volume que caiu consideravelmente neste ano, após o período de pandemia e isolamento social, com redução da quantidade de ônibus e passageiros.

Teleorientações
Com o objetivo de proteger e informar a população, a Unimed São Sebastião do Paraíso criou um serviço de teleorientações sobre o novo coronavírus. A iniciativa faz parte do projeto do Dia de Cooperar (Dia C) e é destinada a toda população gratuitamente. O atendimento telefônico é realizado por médicos cooperados, que atuam em sistema de revezamento em três linhas de celulares disponibilizadas pela cooperativa, em turnos de atendimento das 8 às 20h, de segunda à sexta-feira. O serviço pode ser utilizado por meio de ligações telefônicas ou chamadas de WhatsApp, porém, não são respondidas perguntas enviadas por textos, vídeos ou áudios. Além disso, as ligações atendidas têm o foco exclusivo de sanar abordar dúvidas sobre o novo coronavírus.

Conscientização e agilidade
Segundo o presidente da Unimed São Sebastião do Paraíso, médico Mateus Colombaroli, o serviço de teleatendimento não substitui a consulta médica, tendo em vista que pelo atendimento telefônico não é possível realizar a prescrição de medicamentos e fazer suposição de diagnóstico. Com a adoção da medida, a cooperativa espera agir de forma a tranquilizar e conscientizar a população para a redução da sobrecarga indevida dos serviços de saúde e para a redução da propagação do Covid-19. A iniciativa deverá beneficiar direta ou indiretamente toda a população de São Sebastião do Paraíso, o que corresponde a 70.000 pessoas.

Adiado
O Governo de Minas, por meio da Agência Reguladora de Serviços de Abastecimento de Água e de Esgotamento Sanitário do Estado de Minas Gerais (Arsae-MG), decidiu pelo adiamento do reajuste tarifário médio de 3,04% da Copasa, que passaria a valer a partir de 1 de agosto. Com a mudança, o reajuste nas contas de água e de esgoto passa a vigorar somente no dia 1 de novembro. A medida foi aprovada pela Diretoria Colegiada da Arsae-MG e publicada no jornal Minas Gerais na terça-feira,23. A decisão foi tomada considerando a capacidade de pagamento dos usuários e a necessidade de terem acesso à água tratada para o enfrentamento à pandemia.

Reajuste
O reajuste tarifário médio é de 3,04% nas contas dos usuários da Copasa foi o menor registrado desde o início da regulação da Arsae-MG. Para calcular o reajuste, a Arsae-MG considera o levantamento de um conjunto de índices inflacionários, além de diversas informações contábeis e de mercado da Copasa.Para o consumidor independente de qualquer percentual o aumento dos custos não é considerado bom notícia. Ainda mais nestes tempos em que mais pessoas estão ficando em casa o consumo naturalmente é maior. Se considerar que um dos cuidados do cidadão no combate ao coronavírus é lavar as mãos, por isso, o adiamento do reajuste é uma forma de auxiliar a população mineira no combate à covid-19.