DENÚNCIAS

Polícia apura denúncias de abuso e assédio feitas em rede social

Por: Redação | Categoria: Polícia | 19-07-2020 18:14 | 1160
Perfil registra relatos de mulheres que vão desde assédios sofridos a abusos sexuais
Perfil registra relatos de mulheres que vão desde assédios sofridos a abusos sexuais Foto de Reprodução

A 4.ª Delegacia Regional de Polícia Civil em São Sebastião do Paraíso abriu inquérito para apurar denúncias feitas através de uma página na rede social Twitter, que vem há algum tempo publicando relatos de mulheres que alegam ter sido vítimas de abusos e assédio sexual. De acordo com ofício enviado à Câmara Municipal (que cobrou providências quanto às denúncias feitas pela página), as diligências sobre o caso serão cumpridas o mais breve possível, dada a complexidade do caso.

Diversas postagens foram feitas na página criada em junho passado, citando nomes e supostos casos de envolvimento em assédios e abusos sexuais. Alguns que tiveram nomes citados pelo perfil intitulado “Exposed Paraíso” registraram boletins de ocorrência, por calúnia e difamação, segundo alegam, por “temerem ter suas vidas profissionais prejudicadas”.

O caso foi comentado na sessão extraordinária da Câmara, segunda (13/7). No começo de julho, o vereador Marcelo Morais, membro da Comissão de Direitos Humanos da Câmara enviou ofício à Delegacia solicitando a apuração dos casos, a veracidade das denúncias, e responsabilização dos culpados.

O vereador Sérgio Aparecido Gomes parabenizou o trabalho realizado pela Polícia Civil, e destacou a atuação da Delegacia contra Crimes Virtuais, já que, segundo ele, o município conta com detetives especializados nessa área. “Com certeza, farão um ótimo trabalho e realmente irão apurar os fatos”, destacou.

Conforme ofício enviado pela Câmara, “por conta da gravidade do assunto, requeremos empenho de todas as autoridades competentes para esclarecimentos dos fatos, para que desta forma, em caso de confirmação dos crimes, que os responsáveis sejam responsabilizados, bem como, tal investigação tem a finalidade de averiguar a veracidade dos fatos, para que inclusive, não sejam prejudicadas as pessoas cujos nomes foram citados nessas acusações”, finaliza.