APC

Saborosa manhã

Por: Fernando de Miranda Jorge | Categoria: Cultura | 22-07-2020 01:41 | 122
Fernando de Miranda Jorge
Fernando de Miranda Jorge Foto de Reprodução

"Aqui, meu irmão, ela é coisa rara de ver/ E joia do Xá, retina do mar/ de olhar verde jade derramante/ Abriu-se Sésamo em mim". Começar uma manhã assim, com a Jade do cantor, violonista e compositor mineiro João Bosco, é o que há de mais estimulante nas manhãs, pois que, meu carinho te procura para dizer: bom dia! É como ter a motivação das manhãs de domingo em todos os dias da semana, ou nas manhãs de setembro, quando este vier com alegria, sem esta tal de "pandemia".

Gosto de acordar cedinho e receber um "bom dia" da pessoa amada. Quem não gosta? É ou não é? Ou então de um amigo que encontramos durante a caminhada física na Avenida, ou de alguém que estamos com saudades? É. São pequenos detalhes como esses que fazem toda a diferença na vida, e logo pela manhã, ao raiar do dia friozinho, que nos enche de vontade de seguir.

O nosso dia fica maior. Caminhemos firmes na direção do nosso norte, para atingir nossas "metas" do dia, pois o pensamento cria, o desejo atrai e a fé realiza. Bom Dia! Novos tempos, novos desafios! Bom também encerrar com o quase engenheiro, pela Escola de Minas, em Ouro Preto - (Que sorte a nossa! Ocasião em que conheceu Vinícius de Moraes e mudou sua vertente! A artéria poética falou mais alto, pulsou mais forte!) - João Bosco de Freitas Mucci, mais conhecido como João Bosco: "Luz talismã/ Misterioso Cubanacã/ Delícia sensual de maçã/ Saborosa manhã".

Fernando de Miranda Jorge
Acadêmico Correspondente da APC Jacuí/MG fmjor31@gmail.com