UNIMED PARAÍSO

Unimed São Sebastião do Paraíso, realiza Inquérito Epidemiológico

Ação visa subsidiar as autoridades de nossa cidade sobre a real situação do quadro de infectados, e conta com a parceria da Superintendência Regional de Saúde, Prefeitura Municipal e Organizações não governamentais e privadas.
Por: Redação | Categoria: Saúde | 25-07-2020 09:43 | 195
Foto de Reprodução

A Unimed São Sebastião do Paraíso vem atuando com seriedade e cuidado no combate e na prevenção contra a propagação do novo Corona-vírus. Com esse pensamento está presente como parceira da Superintendência Regional de Saúde - SRS de Passos, na iniciativa em ampliar o monitoramento do Covid-19 no Sudoeste de Minas, onde uma equipe previamente treinada realizou um inquérito epidemiológico em nossa cidade.

Essa ação, teve início no dia 17 de julho e contou ainda com as parcerias da AMEG (Associação dos Municípios da Microrregião do Médio Rio Grande), da Enveritas (Organização sem fins lucrativos), COSEMS (Conselho de Secretarias Municipais de Saúde de Minas Gerais), Unimed Sudoeste de Minas (Passos), Via Verde Consultoria Agropecuária e Brazilian Specialty Coffee Association - BSCA.

Os profissionais participantes passaram por um treinamento com a médica infectologista da Unimed São Sebastião do Paraíso, Dra. Márcia Oliveira, que instruiu cada profissional como tomar os devidos cuidados na hora da abordagem da população.

Cada agente atuou devidamente equipado com EPI`s e visitou regiões previamente parametrizadas por um GPS, onde cada ponto identificava um domicílio para a coleta de amostras de sangue, identificação e preenchimento de um questionário.

Com isso, o estudo busca subsidiar as autoridades de nossa cidade sobre a real situação do quadro de infectados, pois em estudos já realizados igualmente em cidades como São Paulo, Nova York e Madri, trouxe resultados ainda maiores dos que apresentados pelos órgãos oficiais. Tudo porque pessoas que apresentam quadros leves ou assintomáticos são desconhecidos, podendo assim elevar a transmissão do vírus.

Conforme os coordenadores do trabalho, não há uma lista prévia confiável e atualizada de pessoas para a amostragem, por isso realizar uma amostragem randomizada e geográfica. "A amostragem não pode ser feita apenas na geografia, mas sim, condicionada a dados de densidade populacional e deve conduzir a um resultado que reflita uma fotografia da população pesquisada no período, comenta Bettarello, representante  da Enveritas.

"Nós apoiamos essa iniciativa, pois sabemos que uma leitura real sobre o verdadeiro quadro da Pandemia em Paraíso fará com que possamos estar ainda mais preparados no enfrentamento dos casos ativos em nossa cidade.

"Nesta oportunidade, a Unimed São Sebastião do Paraíso agradece a todos Paraisenses que contribuíram abrindo as portas de suas casas para que os pesquisadores realizassem a coleta das informações", comenta Dr. Matheus Colombarolli, Diretor Presidente da Unimed São Sebastião do Paraíso.

É tempo de cuidar e superar esse momento juntos, esse é o plano.

Dra. Marcia Oliveira no treinamento com equipe