UAI"S

Postos do Sine instalados nas UAI’s retomam o atendimento presencial

Por: Roberto Nogueira | Categoria: Cidades | 25-07-2020 00:01 | 119
No estado, 30 unidades instaladas em UAIs passam a atender os trabalhadores que buscam emprego mediante agendamento prévio
No estado, 30 unidades instaladas em UAIs passam a atender os trabalhadores que buscam emprego mediante agendamento prévio Foto de Arquivo

Os trabalhadores que buscam uma oportunidade de emprego no mercado formal ou precisam atualizar o cadastro no Sistema Nacional de Emprego (Sine) já podem ser atendidos, presencialmente, na Unidade de Atendimento Integrado (UAI) de São Sebastião do Paraíso e nos outros 29 postos existentes e instalados em Minas Gerais. O serviço voltou a ser novamente disponibilizado, desde a segunda-feira, 20, mediante agendamento prévio no endereço eletrônico mg.gov.br/agendamento.

Para agendar o horário, a pessoa interessada deve clicar na opção “Intermediação de Mão de Obra”, selecionar o município, a data e o horário que deseja ser atendido. O trabalhador deve comparecer à unidade do Sine com os seguintes documentos em mãos: carteira de identidade, CPF e carteira de trabalho.

O atendimento ficou paralisado desde o início do decreto de calamidade pública com adoção de medidas de distanciamento e isolamento social quando vários serviços e setores de atendimento ao público foram suspensos. Devido à pandemia da covid-19, medidas de segurança têm sido adotadas em todas as unidades, respeitando-se as normas de distanciamento de guichês, uso obrigatório de máscaras e utilização de álcool gel tanto pelos trabalhadores quanto pelos atendentes. O serviço de intermediação de mão de obra continua disponível também nos aplicativos Sine Fácil (Android ou iOS) ou pelo site Emprega Brasil.

O superintendente de Gestão e Fomento ao Trabalho e à Economia Popular Solidária da Sedese, Marcel Cardoso Ferreira de Souza, destaca que a retomada do atendimento é muito importante para abrir mais alternativas para o trabalhador, uma vez que muitos postos de trabalho foram fechados durante este período de quarentena e as admissões têm acontecido em escala reduzida. Durante os últimos cinco meses centenas de postos de trabalhos foram fechados, deixando os trabalhadores sem opções para retornarem ao mercado.

Com a flexibilização e abertura de várias áreas de atividades comerciais, várias empresas estão retomando as suas funções e ao mesmo tempo, mesmo que de forma gradativa, disponibilizando vagas de emprego. Em junho a movimentação de contratação de trabalhadores foi maior do que os meses anteriores o que gera otimismo em toda a cadeia produtiva. “A medida que os empregadores forem retomando a confiança na estabilidade de seus negócios, certamente, mais e novos postos de trabalho serão criados, com uma retomada gradativa”, acrescentou.