PROMOVIDO

Juiz Marcos Hipólito, promovido, deixa a comarca de São Sebastião do Paraíso

Por: Nelson de Paula Duarte | Categoria: Justiça | 08-08-2020 07:32 | 1048
Foto de Arquivo “JS”

O juiz de direito Marcos Antônio Hipólito Rodrigues, titular da 2.ª Vara da comarca de São Sebastião do Paraíso por 17 anos, promovido por antiguidade pela corte especial do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) no dia 29 de julho, foi transferido para a comarca de São João Del Rey, e assumiu o cargo, quarta-feira (5/8).

Sua promoção, no entanto precede a aposentadoria que pode ocorrer nos próximos dias, após 24 anos de juiz de direito, cinco, como delegado de Polícia Civil, um ano no exercício da advocacia e 12 anos em empresa privada.

Formado em Direito pelo Centro Universitário de Sete Lagoas, Dr. Marcos nasceu em Curvelo. Antes de assumir a 2.ª Vara da comarca de São Sebastião do Paraíso, atuou nas comarcas de Lagoa da Prata, região Centro Oeste, e Conceição do Mato Dentro, no Vale do Jequitinhonha. Em entrevista ao Jornal do Sudoeste em dezembro de 2006, afirmou ser “um típico mineiro. Tímido, um pouco retraído e que conserva as tradições mineiras”.

Incentivado pelo pai que deu a ele a noção exata da importância que o trabalho, juntamente com os estudos tem para a formação do caráter de um homem, começou a trabalhar aos sete anos. Aos 14 anos foi trabalhar em uma empresa do ramo de siderurgia, onde permaneceu por 11 anos, época em que ingressou na Faculdade de Direito.

O interesse por esta área, conforme disse ao “JS”, pode ter suas explicações ainda em sua adolescência. “Penso em um fato que aconteceu quando eu tinha 13 anos. Eu ainda era engraxate e um senhor falou que eu não era bom naquilo, me propondo ir trabalhar em seu cartório. Eu fui. Sempre lia os processos, tinha curiosidade em relação às ações. Isso pode ter me incentivado, mas só depois de um tempo é que eu fui me atentar para este detalhe”. Em 1996 prestou concurso para a magistratura e foi aprovado.