PRESOS

Suspeitos de receptação são presos com veículos clonados na MGC-491

Por: Roberto Nogueira | Categoria: Polícia | 12-08-2020 07:12 | 921
Após suspeitarem dos veículos policiais rodoviários foram ao encalce dos suspeitos que foram detidos
Após suspeitarem dos veículos policiais rodoviários foram ao encalce dos suspeitos que foram detidos Foto de Divulgação

Três homens que viajavam em três veículos distintos levantaram suspeitas de policiais rodoviários que faziam patrulhamento na região de São Sebastião do Paraíso. A perspicácia dos policiais motivou uma perseguição com cerco bloqueio que resultou na detenção dos acusados no km 215 da MGC-491. Cada investigado contou uma versão diferente e foram encaminhados à Delegacia de Polícia para prestarem esclarecimentos sobre a procedência dos veículos que apresentavam adulterações e a destinação para as quais eles se dirigiam, não sendo descartada a hipótese de receptação.

Segundo os patrulheiros, pelos menos dois dos três veículos são clonados. As suspeitas sobre eles foram motivadas por estarem viajando em comboio no período noturno quando a polícia tem o alerta para estar atenta quanto a presença e atuação de integrantes de quadrilhas de roubo a bancos na região. Quando as viaturas iniciaram o acompanhamento dos acusados eles aumentaram a velocidade aumentando as suspeitas de que algo poderia estar errado.

Com a perseguição em andamento pela rodovia, também foi acionado a operação de cerco e bloqueio para a região. Os fugitivos estavam em uma camionete Triton preta, um Passat preto, além de uma Strada branca, que inicialmente cruzaram com a viatura em sentido contrário e motivaram a perseguição. Os veículos em fuga foram interceptados no quilômetro 215 da MGC-491, entre os municípios de Paraíso e Monte Santo de Minas.

Durante a abordagem os condutores apresentaram versões que não convenceram os policiais e por isso foram conduzidos para a delegacia para prestarem esclarecimentos. O motorista da Triton, alegou que é morador de Ribeirão Preto (SP) e foi a Juiz de Fora (MG) para buscar o veículo em um poso de abastecimento. Contou ainda que recebeu o carro com a chave na ignição e que receberia R$ 600,00 para fazer a entrega ao destino final. A camionete estava com o número do chassi adulterado.

Outro condutor, que estava no veículo Strada, declarou que receberia R$ 2 mil pela realização do mesmo serviço de entregar o carro ao destino final. Os policiais constataram que o automóvel também apresentava alteração na numeração do chassis que estava adulterado e apresentava numeração diferente do original. Com o acusado de receptação ainda foi localizada uma bucha de maconha.

O terceiro veículo, o Passat, a princípio não apresentava irregularidades, mas segundo a polícia o mesmo era usado para dar suporte aos demais. Já o seu condutor foi verificado que ele é integrante de uma quadrilha paulista envolvida em ocorrências de roubos de carros, não sendo descartada a possibilidade do envolvimento em mais crimes. Os três veículos foram recolhidos e os três homens foram conduzidos para a Delegacia Regional de Polícia Civil de São Sebastião do Paraíso.