HOMICÍDIO

Briga por bebida alcoólica termina em homicídio no Mocoquinha

Por: João Oliveira | Categoria: Polícia | 27-08-2020 05:03 | 1819
Foto de Reprodução

Um homem foi morto na noite de terça-feira (25/8) durante uma briga registrada na avenida Wenceslau Brás proximidades da Praça da Abadia. A vítima, de 32 anos, identificada como Emerson Carlos de Souza, chegou a ser socorrida e encaminhada para a Santa Casa, mas não resistiu aos ferimentos vindo a óbito. Segundo testemunha, a razão teria sido por bebida alcoólica.

De acordo com informações, o Corpo de Bombeiros foi acionado para prestar socorro à vítima. O homem apresentava hemorragia e perfurações no peito e no pescoço, e já se encontrava sem sinais vitais. O homem foi encaminhado à Santa Casa, mas chegou sem vida ao hospital.

A Polícia Militar foi acionada por volta das 20h, momento antes de registrado o óbito, com informação que na Av. Wenceslau Brás ocorria uma briga em que um dos indivíduos estaria de posse de um facão. Chegando ao local, os militares se depararam com a vítima, que ainda estava viva, e uma testemunha, que relatou que o homem que estava de posse um facão havia fugido.

Policiais saíram em busca do suspeito que portava o facão, entretanto, cerca de 10 a 15 minutos depois da abordagem inicial, a PM se deparou com Emerson caído ao solo com duas pedras nas mãos, tendo acionado o Corpo de Bombeiros, que prestou socorros à vítima.

Nas imediações, a PM abordou um indivíduo, de 44 anos, que estava com a camiseta suja de sangue e tentou fugir. Ao ser questionado, teria alegado que estava passando próximo à Praça da Abadia, onde avistou uma briga, e que o outro suspeito, W.Z., 42 anos, é quem estava de posse de um facão. O homem entregou a PM um canivete que estava portando, negando ter causado ferimentos na vítima.

Entretanto, uma testemunha relatou que após a abordagem inicial da PM, a vítima teria ido com duas pedras nas mãos para tirar satisfações com o autor do homicídio, abordado pela PM com o canivete. Segundo informou, homem teria ido para cima da vítima, desferindo várias facadas em seu peito e que o motivo da briga seria por bebida alcoólica.

Durante o registro da ocorrência, a vítima acabou falecendo em razão das facadas. Os suspeitos, S.P.C., 44 anos, acusado de causar os ferimentos na vítima, e W.Z., 42 anos, foram presos e encaminhados a UPA e, posteriormente, à Delegacia de Polícia. O corpo de Emerson Souza foi encaminhado para Guaxupé onde, segundo informações, seria sepultado.