APC

A passarela da História de Paraíso

Por: Redação | Categoria: Cultura | 29-08-2020 15:01 | 82
 Revista Sul Mineira - todas as fotos desta revista são de São Sebastião do Paraíso - setembro 1915.
Revista Sul Mineira - todas as fotos desta revista são de São Sebastião do Paraíso - setembro 1915. Foto de Arquivo Pessoal

Mergulhar no passado, caminhar por antigas ruas e sentir como eram os usos e costumes dos tempos idos, quem já não imaginou isso?

Uma casa ou um prédio vem abaixo e leva junto um pedaço da história local.

Uma praça ou uma rua é modificada, e as memórias acopladas de como eram, se apagou.

Aqui, realmente uma fotografia vale por mil palavras, ou mais. Hoje daremos um salto a mais de um século atrás de nosso Paraíso.

Sebastião Pimenta Filho membro da Academia Paraisense de Cultura

LEGENDAS:
CASA MOURA, propriedade do comerciante Capitão João Moura, na Estação Mogiana, onde hoje se localiza o Supermercado Dadá, próximo da Casa da Cultura e Museu.

CASA PIMENTA - É uma das mais importantes desta praça. Clichê representa duas partes do prédio, uma residência do Coronel Antônio Pimenta de Pádua e outra a firma Godinho & Companhia. Hoje é onde se localiza o Banco do Brasil.

Revista Sul Mineira - todas as fotos desta revista são de São Sebastião do Paraíso - setembro 1915.

ALFAIATARIA CORRÊA - Pelo número de empregados, poderá o leitor avaliar o movimento, pois na época não havia venda de roupas prontas.

 

CASA PIMENTA  - É uma das mais importantes desta praça.  Clichê representa duas partes do prédio, uma residência do Coronel Antônio Pimenta de Pádua e outra a firma Godinho & Companhia. Hoje é onde se localiza o Banco do Brasil.
CASA MOURA, propriedade do comerciante Capitão João Moura, na Estação Mogiana, onde hoje se localiza o Supermercado Dadá, próximo da Casa da Cultura e Museu.
ALFAIATARIA CORRÊA - Pelo número de empregados, poderá o leitor avaliar o movimento, pois na época não havia venda de roupas prontas.