SARAMPO

Campanha de vacinação contra o sarampo é prorrogada até outubro

Por: Roberto Nogueira | Categoria: Saúde | 02-09-2020 21:16 | 86
Apesar de não haver uma meta a ser atingida, objetivo é imunizar  maior número de pessoas possíveis contra o sarampo
Apesar de não haver uma meta a ser atingida, objetivo é imunizar maior número de pessoas possíveis contra o sarampo Foto de Divulgação

A campanha de vacinação contra o sarampo para pessoas de 20 a 49 anos foi prorrogada até o dia 31 de outubro. Mesmo quem está com o cartão vacinal em dia deve receber uma dose da imunização, iniciativa que visa evitar o aparecimento de surto da doença. Em São Sebastião do Paraíso é possível os interessados se informarem sobre a necessidade de agendamento e também sobre os locais de atendimento através do telefone 3539-1080.

No município paraisense o trabalho vem sendo realizado nos últimos meses mesmo que não tenha sido definida uma meta de quantas pessoas devam ser imunizadas. O objetivo é vacinar o maior número possível de pessoas, considerando a existência de uma boa cobertura. O atual esquema de vacinação para que a pessoa seja considerada imunizada contra o sarampo prevê duas doses da vacina para indivíduos entre 12 meses e 29 anos, e uma dose da vacina para pessoas de 30 a 49 anos.

A campanha faz parte de estratégia do Ministério da Saúde para cessar a circulação do vírus Measles morbillivirus no país. Em decorrência das altas e homogêneas coberturas vacinais realizadas desde a década de 1970, houve a falsa impressão de que o sarampo estava erradicado e com isso, muitas pessoas deixaram de se vacinar. O ideal é que 95% da população esteja imunizada.  Mesmo com a pandemia de covid-19, a Secretaria de Estado da Saúde de Minas Gerais em conformidade com a Organização Mundial de Saúde e o Ministério da Saúde reitera a necessidade de as pessoas buscarem a imunização nas salas de vacina dos municípios.

O sarampo é uma doença infecciosa grave, provocada por vírus, transmitida pela fala, tosse e espirro, e extremamente contagiosa, podendo ser contraída por pessoas de qualquer idade. É caracterizada por febre, inflamação das mucosas do trato respiratório, erupção maculopapular generalizada seguida por descamação. A única forma de prevenção é a vacina fornecida de forma gratuita pelo Sistema Único de Saúde (SUS).