COMBUSTÍVEIS

Preços de combustíveis em Minas continuam a incentivar consumidor a abastecer em SP

Por: Sebastião Tadeu Ribeiro | Categoria: Comércio | 19-09-2020 08:02 | 1389
Consumidores paraisenses  têm aproveitado viagens para o Estado de São Paulo,  para abastecer seus veículos
Consumidores paraisenses têm aproveitado viagens para o Estado de São Paulo, para abastecer seus veículos Foto de Divulgação

Não é de hoje que o JS pública matérias mostrando preços de combustíveis em cidades paulistas que fazem divisa com o município paraisense ou até mais distantes e também em cidades próximas ou mais distantes dentro do Estado de Minas Gerais. Desta vez a comparação vem através de fotos registradas por um motorista que aproveitou sua viagem a trabalho e abasteceu o seu carro flex no Posto Top, em Altinópolis.

Ele pagou pelo litro do etanol R$ 2, 537, gasolina R$ 3,997 e o litro do diesel custa R$ 3,157. Conforme afirmou ao JS, a quantidade de paraisenses que abastecem no referido posto é enorme quando vão a passeio, compras, a trabalho e outros compromissos em Ribeirão Preto ou cidades no seu entorno.

A diferença de preços em comparação ao que é cobrado em postos de revenda aqui em Paraíso é considerável, ou seja, bem mais barato.

Conforme levantamento de preços dos combustíveis realizado nesta sexta feira 18/9 pelo JS, o preço do litro da gasolina mais barato em Paraíso custa R$4,569, o etanol R$2,869 e o diesel R$ 3,299 no Posto JPS localizado na Av. Brasil, no Parque São Judas Tadeu.

O litro mais caro de gasolina em Paraíso custa R$ 4,799, etanol R$ 3,199 e o diesel R$ 3,199. Por esta razão a evasão de consumidores de Paraíso e de outras cidades do Sul e Sudoeste de Minas Gerais que fazem divisa com o Estado de São Paulo, porque é altamente compensador e ainda desfrutam de um passeio e lazer.

Vale lembrar, que a carga tributária cobrada nos preços de combustíveis no Estado de Minas Gerais é muito superior ao cobrado no Estado de São Paulo. Além disso, também existe a ganância de alguns empresários mineiros, porque existem em várias cidades mineiras postos que vendem gasolina e do etanol bem mais em conta do que preços cobrados aqui em Paraíso.

É fato preocupante, porque esta evasão de consumidores de cidades do Sul e Sudoeste de Minas Gerais indo fazer compras no vizinho Estado de Saulo, só gera mais emprego, renda e mais arrecadação de impostos aos paulistas, isso acontece e faz dezenas de anos.