DITÃO

Diretor do "Ditão" afirma que trabalho deve ser "contínuo" e focado na "rotina"

Por: Roberto Nogueira | Categoria: Educação | 26-09-2020 13:50 | 53
Foto de Reprodução

O engajamento da equipe, a motivação dos alunos e a participação dos pais são algumas das ações apontadas pelos diretores das escolas dos setores Sul e Centro-Sul, reconhecidas no prêmio "IDEB Transformação", como sendo os elementos que contribuíram para o resultado no índice. Na cerimônia, realizada de forma virtual, os gestores contaram um pouco mais das iniciativas adotadas nas unidades de ensino. Eles conversaram com a secretária de Estado de Educação de Minas Gerais, Julia Sant"Anna, sobre os projetos que contribuíram para o bom desempenho.

Os dados mais recentes do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) mostraram que Minas alcançou sua mais alta nota no ensino médio, saltando de 3.6, em 2017, para 4.0, em 2019. Melhorando duas posições no ranking dos estados. Segundo Julia, o momento é importante e demonstra que o empenho de todos está contribuindo para a melhoria da educação mineira. "Estou muito feliz de estar com vocês neste momento de reconhecimento do trabalho. Quero parabenizar a todos pela dedicação. Estamos fazendo um grande esforço para deixar nossa rede cada vez mais integrada", afirmou.

Em encontro on-line, escolas estaduais dos setores Sul e Centro-Sul, que receberam o prêmio IDEB Transformação, apontaram as iniciativas que contribuíram para o sucesso no índice. O diretor José Luiz Gomes, da Escola Estadual Benedito Ferreira Calafiori, em São Sebastião do Paraíso, disse que o trabalho com professores, alunos e famílias é muito importante e deve ser feito, não só com foco na prova, mas como uma rotina. Ele ainda destacou a necessidade de um trabalho contínuo, mesmo que seja de forma simples. "Não só que a escola seja um destaque, mas que a avaliação reflita o que a gente vive no dia a dia", disse.

Na mesma linha, o diretor da Escola Estadual Moacir de Souza Dias, André Luiz Martins, que fica em Conselheiro Lafaiete, ressaltou que a união da comunidade escolar faz toda a diferença no momento de determinar o plano de ações para melhorar a qualidade da educação. Amante de futebol, ele comparou a dinâmica de funcionamento da escola com a de um time bem entrosado. "Assim como quando você tem uma equipe muito boa jogando no campo de futebol, nós também temos uma excelente equipe na escola, por isso os bons resultados", comemorou.

Os diretores que conseguiram alcançar os bons resultados no Ideb levantaram alguns pontos em comum que ajudaram na conquista. Entre eles estão a capacidade de liderança das equipes, alunos e famílias e a de pensar as ações de forma estratégica. Um dos pontos destacados é a necessidade de sempre envolver os alunos com projetos que mesclam o aprendizado com a valorização da história de vida de cada um. Foram exemplificados projetos de língua portuguesa, xadrez e o Jovem de Futuro como iniciativas que deram bons resultados. A harmonia do trabalho em equipe também foi enfatizada.

O Prêmio pretende reconhecer publicamente as escolas estaduais que se destacaram no Sistema de Avaliação da Educação Básica (SAEB) e no IDEB. As escolas foram premiadas em cinco categorias: IDEB, variação do IDEB, desempenho, variação de desempenho e gestão. A relação com o nome de todas as escolas premiadas em cada categoria foi publicada no Diário Oficial de Minas Gerais, na página 18, na última sexta-feira (18/9). A E.E. Benedito Ferreira Calafiori, de São Sebastião do Paraíso, foi um dos 125 estabelecimentos contemplados.