• Dos Leitores •

O suicídio de jovens abala você?

Por: Redação | Categoria: Do leitor | 03-10-2020 09:35 | 74
Foto de Reprodução

Setembro amarelo é o mês de prevenção ao suicídio. É muito desolador haver um mês onde se aborda este assunto tão dilacerante, que arranca do seio da família muitos jovens promissores que não aguentando mais as pressões e as cobranças diárias, optam por este caminho tão triste e doloroso para todos.

Em primeiro lugar, a depressão é uma doença e como tal deve ser tratada,  e tratar, não é só medicar, é também,  mas a pessoa que passa por esta doença não deve ser julgada. Deve ser cuidada, ouvida, acalentada, acompanhada de perto por profissionais e pela família.

Muitos acreditam que só está em depressão quem fica trancado em casa dormindo, sem vontade de fazer nada

A pessoa com depressão, trabalha, estuda, casa, viaja, namora, ri, vai a festas, faz compras, têm amigos, mas é quando ela está só, que seus fantasmas aparecem para assombrar.

Nesta jornada, quantos de nós já não vivenciou casos extremos como este? Eu pelo menos já soube de uns oito casos e infelizmente três deles  de pessoas muito próximas.

Qual será o nosso papel neste processo todo? O que cabe a nós fazermos? Fingir que o problema não existe, não é possível.

É preciso conversar a respeito. São necessárias políticas públicas de enfrentamento ao suicídio.

Existe a necessidade de profissionais cada vez mais capacitados para dar suporte a estes jovens e aos familiares, que muitas vezes acham que é só tristeza, não sabem lidar com o fato, o que é compreensível, e sequer sabem o que está ocorrendo com seus filhos. 

Depressão não é tristeza. Depressão não é falta do que fazer.

 

Depressão é doença!!

 

Valéria Regina Salvador,

advogada.

valeria.regina.salvador@hotmail.com