CORONAVÍRUS

Sobe para 19 os casos de óbitos por coronavírus em Paraíso

Por: Roberto Nogueira | Categoria: Cidades | 10-10-2020 09:00 | 737
Foto de Reprodução

A Vigilância em Saúde de São Sebastião do Paraíso divulgou no final da tarde de sexta-feira (9/10), boletim epidemiológico sobre o coronavírus na cidade e confirmou a 19ª morte. De quinta para sexta-feira houve o aumento de 24 novos casos confirmados da doença. Na semana, contados desde o último sábado (3/10), foram contabilizados no município quase 80 casos de pessoas que testaram positivo para a doença.

De acordo com o balanço divulgado neste dia 9, Paraíso registra agora 3.209 notificações para Covid-19, sendo 766 casos confirmados. Deste total 702 pessoas já se recuperaram, 35 estão em isolamento domiciliar, 10 estão com registros de internação hospitalar e 19 óbitos. A última vítima confirmada tendo falecida em função de complicações do coronavírus é um homem que já apresentava um quadro de cardiopatia grave. Esta foi a quarta morte registrada ao longo da semana.

Em relação aos casos descartados eles somam 375 situações todas elas avaliadas através de exames laboratoriais. Entre eles constam 27 óbitos descartados e outras 348 pessoas que se recuperaram. No momento não há nenhum caso de morte sob investigação.

No entanto, outra situação que vem preocupando as autoridades de saúde refere-se as taxas de ocupação hospitalar que continuam em fase crescente. Somente a Enfermaria da Santa Casa de Misericórdia está com 46,80%, ou seja, 22 leitos ocupados, sendo que deste total 12 são pacientes naturais de Paraíso. Já na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) que recebe os pacientes cm quadro mais graves a taxa de ocupação atinge 30% ou seja, seis dos 20 leitos existentes. Todos os pacientes são paraisenses.

Ainda durante a semana, Paraíso registrou nesta sexta o dia com maior quantidade de casos confirmados (24). Na segunda, foram (21), na terça (13) e na quarta (12). O menor índice tinha ocorrido na quinta-feira com apenas oito casos. Quanto aos óbitos registros ocorreram na segunda, terça e quarta.

Feriado

O feriado prolongado desta segunda-feira,12 de outubro, traz a necessidade de reforçar a importância das medidas de prevenção à covid-19. A situação é semelhante ao feriado de 7 de setembro onde ocorreu uma flutuação de pessoas em circulação e consequentemente nos dias seguintes o aumento de casos de coronavírus. Uma das preocupações neste momento é em relação ao maior número de ocupação nos leitos de UTI e de enfermaria da Santa Casa destinada ao tratamento da doença. Caso ocorra novo aumento de casos há o risco de superlotação e até mesmo falta de leitos disponíveis, já que o hospital vem trabalhando com sua capacidade quase que pela metade.

O prefeito Walker Américo Oliveira e o secretário de Saúde, Wandilson Aparecido Bícego, ressaltaram nesta sexta-feira,9, a importância de as pessoas evitarem aglomerações. “Vamos evitar ficar em bares, fazer reuniões com grande número de pessoas, certamente vamos receber muitas pessoas de fora, de outros lugares é preciso ter consciência”, disse o prefeito. Já o secretário reforçou a importância das ações individuais. “Se cada fizer a sua parte, conseguiremos nos livrar e bem desta situação”, salienta.

Na quinta-feira,8, a Prefeitura já havia anunciado que pretende reforçar as ações de fiscalização na cidade sobre o cumprimento das normas de higiene, distanciamento, isolamento social e uso de máscara. A cidade vem experimentando um crescimento do número de casos registrados da doença e até mesmo de óbitos. Um dia depois do anúncio, funcionários municipais recolocaram as grades de impedimento do acesso na Praça Comendador José Honório (Matriz), local onde normalmente muitos idosos e aposentados costumam se reunir para conversar. A intensão é dispersar estas pessoas.