TERAPIAS HOLÍSTICAS

Por que você deve ter anis-estrelado na sua casa?

Por: Profa. Dra. Mirela M. Waldemarin Cabral | Categoria: Saúde | 28-10-2020 09:43 | 209
Foto de Reprodução

O anis-estrelado é utilizado para aromatizar e dar sabor, além de possuir propriedades que fazem muito bem à saúde.

Também conhecido como estrela-de-anis, é uma especiaria que é feita a partir do fruto de uma espécie de árvore asiática chamada de Ilicium verum. Esta especiaria normalmente é facilmente encontrada na sua forma seca em supermercados e empórios de produtos naturais. Embora seja muito utilizado na culinária para conferir um sabor adocicado a algumas preparações, o anis-estrelado também apresenta vários benefícios para a saúde devido aos seus componentes, especialmente o anetol, sendo uma substância presente em maior concentração.

Como fonte de vitaminas do complexo B, ajuda na saúde do sistema nervoso, e, em seu bom funcionamento; ajudando na comunicação entre os neurônios. Assim como a maior parte das plantas aromáticas, o anis-estrelado tem boa ação antioxidante devido à presença de compostos fenólicos na sua composição, auxiliando no fortalecimento do sistema imune. Sua ação digestiva, está relacionada com o auxílio da eliminação de gases acumulados após uma alimentação “pesada” e muito gordurosa. Já as propriedades expectorantes, anti-fúngicas e anti-inflamatórias presentes na planta medicinal são capazes de limpar as vias respiratórias e amenizar os sintomas de gripes e resfriados. Além disso, o anis-estrelado pode ser usado para tratar foco de inflamações e lesões na pele, devido às suas características anti-bacterianas, provenientes de sua riqueza em óleos voláteis.

De acordo com algumas investigações feitas com o óleo essencial de anis-estrelado, foi identificado que a especiaria tem ação inseticida e repelente contra alguns tipos de insetos. Em laboratório, foi confirmada sua ação contra as “moscas das frutas”, baratas germânicas, besouros e até pequenos caramujos.

Apesar de o anis-estrelado ser fonte de nutrientes importantes, ele não pode ser consumido de forma exagerada. Isso porque, nesse caso, ele pode causar náuseas, reações alérgicas e até intoxicar um pouco o organismo. Portanto, lembre-se de usar essa planta medicinal sempre de forma equilibrada.

Profa. Dra. Mirela M. Waldemarin Cabral
Biomédica
Especialista em Terapias Alternativas (Holísticas)
Mestre em Microbiologia
Doutora em Ciências