REIVINDICAÇÕES

Alguma reivindicações de suma importância

Por: Sebastião Tadeu Ribeiro | Categoria: Cidades | 31-10-2020 09:00 | 903
No Cemitério da Saudade em Paraíso já existe sala apropriada para se fazer necropsia, só falta médicos legista
No Cemitério da Saudade em Paraíso já existe sala apropriada para se fazer necropsia, só falta médicos legista Foto de Arquivo

Das tantas reivindicações que os Paraisenses almejam , dentre elas quatro são de fundamental importância para facilitar e proporcionar , conforto , infraestrutura , moradia e necessidade de serviços prestados relacionado a Saúde que já houve aqui em São Sebastião do Paraiso.

Já tivemos aqui em Paraíso, Hemocentro , hoje os Paraisenses que são doadores de sangue, para prestar este necessário e importante gesto de amor ao próximo são obrigados a se deslocarem até Passos e outras do Estado de São Paulo.

Tivemos Serviço de Autópsia e médico legista. Há algum tempo quando é necessário a prestação deste importante serviço , corpos tem que ser levados até Passos, Formiga, ou Poços de Caldas, o que tem provocado descontentamento , revolta em familiares que  são obrigados esperar muitas horas para sepultar com dignidade e tempo hábil para sepultar  um familiar, e ainda precisam arcar com despesa de transporte (traslado). 

Centenas de Paraisenses pedem a construção de mais casas populares com suaves prestações mensais para famílias de baixa renda. 

Há mais de quatro anos não se constrói estas edificações populares aqui em Paraíso. Outro absurdo, pecado e ato criminoso , dezenas de moradores do loteamento Rural Recanto Feliz , há 15 anos estão sem energia elétrica. No referido Loteamento Rural residem pessoas idosas, com necessidades especiais de locomoção, problema oncológico e demais necessidades que precisam o ser humano por falta de ter em sua casa Energia Elétrica.

São fatos que precisam ser resolvidos o mais rápido possível, principalmente serve de alerta e indicação para o futuro Prefeito e vereadores eleitos para administrar Paraíso a partir do próximo dia primeiro de janeiro de 2021 até 31 de dezembro de 2024.